Jornal do Brasil

Terça-feira, 30 de Setembro de 2014

Rio

Dedo do Cristo Redentor danificado por raio será restaurado a partir de terça

Agência Brasil

O raio que atingiu o dedo médio da mão direita do Cristo Redentor, no Corcovado - com a forte chuva no Rio na noite de quinta-feira (16) - começa a ser restaurado, pela empresa Cone Engenharia, a partir da próxima terça-feira (21).

O Cristo tem uma proteção especial contra raios na cabeça do monumento e a descarga desta quinta atingiu superficialmente somente a pedra sabão da parte da mão que fica virada de frente para a Lagoa.

A restauração é feita com incentivos da Lei Rouanet de Incentivo à Cultura e pelo Instituto do Patrimônio  Histórico e Artístico Nacional (Iphan). "A parte atingida foi muito pequena e nada muito relevante a não ser pelo valor histórico do monumento", avaliou a coordenadora de comunicação do Cristo Redentor, Nice Rodrigues.

Um outro raio também atingiu a placa de mármore com as informações turísticas aos visitantes, presa na base da imagem. Em março do ano passado, um raio tinha atingido também a mão direita do Cristo Redentor. Como a verba, no valor de R$ 1,8 milhão estava alocada para essa obra, vai ser usada para a restauração da imagem do Cristo, a partir da próxima semana.

A assessoria do Cristo Redentor chegou até a brincar com a história de que raios não caem duas vezes no mesmo lugar, "mas no Cristo eles caem".

Como a visita ao Monumento ao Cristo Redentor aumenta bastante nesta época do ano e as chuvas de verão atingem muito a região do Parque Nacional da Tijuca, onde fica a estátua, os próprios funcionários que trabalham no Cristo são treinados para orientar os turistas a descer em caso de fechamento do tempo, com ameaça de chuva forte.

Tags: chuva, corcovado, monumento, raios, Rio

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.