Jornal do Brasil

Sábado, 1 de Novembro de 2014

Rio

Parque Nacional da Tijuca bate recorde de visitação

Jornal do Brasil

Pelo terceiro ano consecutivo, o Parque Nacional da Tijuca bateu o recorde de visitação, fechando 2013 com um total de dois milhões e novecentos mil visitantes. Apesar de ser o menor do Brasil em extensão, com quase quatro mil hectares, o Parna Tijuca consagra-se novamente como o parque mais visitado do país, principalmente por abrigar uma das sete maravilhas do mundo moderno, a estátua do Cristo Redentor, no morro do Corcovado, que atraiu 85% dos visitantes neste ano.

Por conta da Jornada Mundial da Juventude, que recebeu milhares de jovens do mundo todo, o mês de julho foi o mais visitado no parque, com 350.166 pessoas, uma média de 11.295 por dia. Nos últimos seis anos, a visitação do Corcovado triplicou. Parte do crescimento se deve também ao maior controle da visitação do parque. Foram instaladas novas guaritas para controlar áreas como a Vista Chinesa, que registrou 160 mil ciclistas e pedestres, frequentadores do local para práticas de exercício, apreciação da paisagem e uso das cachoeiras.

Segundo o chefe do Parna Tijuca, Ernesto Viveiros de Castro, "o recorde de visitação é importante pelo fato de termos cada vez mais gente visitando e aprendendo a valorizar nossos Parques, mas nos preocupamos também com a qualidade desta visita. É preciso respeitar a capacidade de suporte do Corcovado e das cachoeiras e dar maior conforto e qualidade para a visita".

Por isso a importância do Espaço Paineiras, um projeto que é mais um passo fundamental no ordenamento e qualificação do turismo no Corcovado, oferecendo uma estrutura compatível com um dos pontos turísticos mais emblemáticos do Brasil. O que se pretende é acabar com o estacionamento irregular na estrada das Paineiras, regular o fluxo de acordo com a capacidade de carga do monumento, dar conforto e alternativas recreativas para os visitantes que aguardam o embarque para o Corcovado e ainda oferecer serviços de alimentação, banheiros e conveniências.

Outra importante iniciativa do ICMBio para melhorar a visitação é a nova concessão do Trem do Corcovado. Desde 2013 a estrada de ferro turística mais antiga do país está sob a gestão do Parque e um novo edital de concessão será lançado em breve. O novo contrato prevê a substituição dos trens, que operam há mais de 30 anos; reforma das estações e modernização da via, além de várias medidas de controle ambiental, como remoção de espécies invasoras, monitoramento da fauna e manejo de trilhas.

Tags: floresta, Norte, Rio, Tijuca, Urbana, Zona

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.