Jornal do Brasil

Sexta-feira, 24 de Outubro de 2014

Rio

Ex-chefe do tráfico na Mangueira, Polegar é transferido para Bangu 1

Polegar ficou conhecido em 2001, quando liderou uma das ações mais ousadas do crime organizado

Portal Terra

O traficante Alexander Mendes da Silva, conhecido como Polegar, foi transferido para a penitenciária Laércio da Costa Pelegrino, Bangu 1, no Rio de Janeiro, na noite de sexta-feira (10/01).  A informação foi confirmada na manhã deste sábado pela Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) fluminense.

Ex-chefe do tráfico na Mangueira, Zona Norte da capital fluminense, Polegar foi preso no Paraguai em 2011. Ele estava detido na penitenciária federal de Porto Velho. Segundo a Seap, o voo que o trouxe da capital de Rondônia ao Rio de Janeiro chegou à capital fluminense por volta das 23h.

Ousadia no crime

Polegar ficou conhecido em 2001, quando liderou uma das ações mais ousadas do crime organizado carioca. Para arrebentar uma das paredes da Polinter e liberar 14 presos, ele usou um caminhão.

Em janeiro de 2002, o traficante foi capturado no Ceará, mas só ficou preso por nove meses. Depois de sair da prisão, Polegar atacou uma delegacia, o Palácio Guanabara e o shopping RioSul, em Botafogo. O objetivo dos ataques foi distrair a polícia para garantir o êxito em sua fuga e na de outros integrantes de seu bando.

Condenado a 22 anos por tráfico de drogas e associação para o tráfico, Polegar obteve o benefício do regime semiaberto em 2009 e fugiu. Há suspeitas de que estivesse no Complexo do Alemão durante a invasão das forças de segurança durante a implantação das Unidades de Polícia Pacificadoras (UPPs). 

Tags: Bangu, mangueira, polegar, prisão, traficante

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.