Jornal do Brasil

Quinta-feira, 24 de Julho de 2014

Rio

Concurso seleciona projetos para construção de centros de eventos

Agência Brasil

O Instituto de Arquitetos do Brasil seção Rio de Janeiro (IAB-RJ) lançou hoje (6), em parceria com o governo fluminense, com o Programa de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur) e com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), o Concurso Centro Cultural de Eventos e Exposições (CCEE).  O certame  objetiva selecionar projetos de arquitetura para a construção de três centros desse tipo nos municípios de  Cabo Frio, na Região dos Lagos; em Nova Friburgo, na região serrana;  e em Paraty, no sul do estado.

O presidente do IAB-RJ, Pedro da Luz Moreira,  salientou, em entrevista à Agência Brasil, que  os novos centros vão suprir uma carência  dessas cidades, que já são roteiros turísticos consagrados, mas não têm estruturas que abriguem o turismo de negócios. “Essa iniciativa do governo do estado é bastante interessante, do ponto de vista de a gente começar a pensar a questão da indústria do turismo para essas regiões”.

Os centros terão capacidade para 1,5 mil pessoas cada. As obras apresentam custo total estimado de R$ 45,62 milhões. Arquitetos de todo o país já poderão  se inscrever a partir de amanhã (7) para participar do concurso. 

O resultado do concurso deve sair em março. Serão escolhidos três projetos, um para cada município. O vencedor do projeto para cada centro receberá  R$ 50 mil a título de adiantamento do valor do projeto,  cabendo R$ 25 mil para o segundo colocado e R$ 20 mil para o terceiro. Os valores previstos para os projetos são, respectivamente, R$ 1,261 milhão, para o centro de Cabo Frio; R$ 1,2 milhão, para Nova Friburgo;  e R$ 1,137 milhão, para o CCEE de Paraty. A  ideia é iniciar as obras ainda este ano, disse o presidente do IAB-RJ. Ele ressaltou que terá de respeitar a legislação, por se tratar de um ano eleitoral.

Moreira  informou  que a construção dos centros ficará a cargo do governo fluminense. Ao final das obras, a gestão das unidades será entregue aos municípios. Além de atender a princípios de sustentabilidade, os projetos  deverão  respeitar características diferenciadas de cada localidade, que incluem  contextos urbanos e aspectos climáticos, por exemplo, considerados aspectos relevantes do ponto de vista da cultura arquitetônica. “Nós estamos cobrando que os projetos ganhem resposta e sejam adaptados a esses contextos diferenciados”.

O Concurso CCEE é aberto a todos os arquitetos brasileiros legalmente habilitados para o exercício da profissão. Segundo o IAB-RJ, arquitetos estrangeiros podem participar integrando equipes sob a coordenação de um profissional registrado no Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU).

Tags: arquitetos, brasil, ccee, concurso, instituto

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.