Jornal do Brasil

Sábado, 23 de Agosto de 2014

Rio

Turistas enfrentam mais um dia de filas e calor para visitar o Cristo

Agência Brasil

Rio de Janeiro - Pelo segundo dia consecutivo, turistas e cariocas que tentavam visitar o Cristo Redentor, na zona sul da capital fluminense, enfrentaram longas filas para pegar uma van até o ponto turístico. Além da demora, quem aguardava para chegar até o monumento teve que suportar o forte calor. Por volta das 9h, os termômetros da cidade já registravam mais de 30 graus Celsius (ºC).

Ao chegarem na bilheteria, os vistantes eram informados de que só havia entradas disponíveis para as 20h. O trem do Morro do Corcovado, que dá acesso ao Cristo Redentor, interrompeu a venda de bilhetes para os outros horários às 10h.

Muitos turistas que não quiseram esperar as vans optaram por pegar um táxi. Foi o caso do pernambucano Gerson Pereira, que estava acompanhado da esposa e de dois filhos "A fila é muito demorada, fiquei 40 minutos e desisti. Vou pegar um táxi. Eles estão cobrando praticamente a mesma coisa para nos levar", disse o turista.

A gaúcha Bianca Stromeham, que passa férias pela primeira vez no Rio com um grupo de amigas, disse que pensará duas vezes antes de retornar à cidade."Tem fila para tudo aqui, não conseguimos aproveitar a cidade porque perdemos muito tempo nas filas, fora que tudo é muito caro, e pra nós, que somos estudantes, fica inviável voltar se a situação não mudar", reclamou.

A companhia Trem do Corcovado recomendou que os visitantes comprem os tíquetes pela internet com pelo menos um dia de antecedência. Segundo a empresa, cerca de 90% das entradas podem ser adquiridas online. O restante fica à disposição nas bilheterias.

A Secretaria Municipal de Transportes informou que a operação feita na alta temporada para organizar o trânsito no acesso ao Corcovado, pela Estrada das Paineiras, irá se estender até o domingo (5). No mesmo período, a estrada ficará fechada para área de lazer.

Tags: corcovado, fila, trem, turista, verão

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.