Jornal do Brasil

Quinta-feira, 24 de Abril de 2014

Rio

Multidão disputa espaço nas areias de Copacabana

Jornal do Brasil

A multidão disputa espaço nas areias da Praia de Copacabana na virada do ano. São mais de dois milhões de pessoas espremidas ao longo da orla. Música e alegria são ingredientes que não podiam faltar neste Réveillon. A chuva que caiu por volta das 17h30 não desanimou os cariocas e turistas. O Município entrou em Estágio de Atenção às 19h10, com ameaça de chuva mais forte.

A animação toma conta do público
A animação toma conta do público

Com o forte calor, que beirou os 40 graus, as praias ficaram lotadas durante todo o dia. A sensação térmica era de 45 graus. As balsas com os fogos seguiram em direção a Copacabana pela manhã   

Com personagens saídos da telona, boa música e emoção de milhões de famílias, o Réveillon de Copacabana 2014 tem como tema o filme de animação ‘Rio 2’, dirigido por Carlos Saldanha, com lançamento mundial em 28 de março. Esta é a primeira vez que o Réveillon tem temática de cinema. É a sétima arte valorizando o sucesso da maior festa a céu aberto do mundo e ampliando ainda mais sua visibilidade fora do país. O primeiro longa-metragem da franquia destacou justamente os grandes símbolos da cidade como Cristo Redentor, Pão de Açúcar e Arcos da Lapa, mostrando as belezas do Rio para mundo. 

A animação é completa nos três palcos montados ao longo da orla de Copacabana, reunindo cerca de 20 atrações musicais entre artistas e DJs. 

O evento tem a participação de músicos como Carlinhos Brown, Lulu Santos, Nando Reis, Beth Carvalho, entre outros, além da Escola de Samba Vila Isabel (Campeã 2013).

A história do evento

Eleita pela associação de turismo World Travel Guide como uma das maiores festas do mundo, o Réveillon de Copacabana se tornou um marco, guardado na memória e no coração de todos como um dos maiores espetáculos a céu aberto do mundo. A tradicional festa é marcada por vitórias e recordes. No ano passado, superou todas as expectativas. Foram 2,3 milhões de pessoas, número que vem aumentando em grande escala a cada ano por conta das surpresas e novidades apresentadas. No mar, em 13 transatlânticos e cerca de 250 barcos, 45 mil pessoas também se emocionaram com o espetáculo de fogos.  Segundo a Prefeitura, o Rio recebeu, em dezembro de 2012, cerca de 750 mil turistas, gerando uma renda de aproximadamente US$ 526 milhões. A grandiosidade do Réveillon de Copacabana tem contribuído de forma decisiva para glamourização do Rio de Janeiro dentro e fora do país, firmando a cidade como destaque internacional de roteiro turístico.

Antigamente, antes dos anos 70, não havia queima de fogos na praia, mas adeptos de Iemanjá, geralmente compareciam à praia vestidos de branco para jogar flores ao mar e oferendas. As primeiras queimas de fogos passaram a ser organizadas pelos grandes hotéis da orla, atraindo cada vez mais pessoas. A partir dos anos 90, a Prefeitura passou a conduzir o evento e incluiu shows na programação, como forma de agradar ainda mais o público e incentivar o turismo. 

Tags: ano, capitais, passagem, shows, virada

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.