Jornal do Brasil

Quarta-feira, 23 de Abril de 2014

Rio

Réveillon de Copacabana terá esquema especial de atendimento médico

Jornal do Brasil

A Secretaria Municipal de Saúde preparou um esquema especial de atendimento na orla de Copacabana durante a noite de Réveillon. Cinco postos médicos estarão à disposição da população, com 226 profissionais de saúde, sendo 87 médicos, trabalhando durante todo o evento. As unidades contarão, no total, com 56 leitos – com 10 de suporte avançado.

Para os casos mais graves, que necessitarem de remoção, 35 ambulâncias de suporte avançado e 13 de suporte básico estarão de prontidão. Os postos ficarão na altura da Av. Princesa Isabel, da Praça do Lido, e das ruas República do Peru, Santa Clara e Xavier da Silveira, e funcionarão das 17h30 até o término dos festejos.

Todas as unidades estarão preparadas para atender as emergências, com equipamentos de suporte à vida para monitoração e estabilização dos pacientes. Os hospitais, Coordenações de Emergência Regionais e UPAs municipais estarão com suas equipes prontas para dar apoio aos atendimentos mais graves e receber as transferências, que serão realizadas pela Central de Regulação.

No último Réveillon, foram realizados 1.162 atendimentos e 45 remoções, das 17h do dia 31 dezembro às 6h do dia 1º de janeiro. A SMS recomenda que as pessoas utilizem roupas leves, façam uma alimentação saudável, não esqueçam seus remédios habituais e hidratem-se bastante para poder curtir a festa. É importante tomar cuidado com objetos perfurocortantes, especialmente cacos de garrafas, e não andar descalço. Também é fundamental portar documentos de identificação e número de telefone para contato.

Durante as festividades, 41 unidades da SMS estarão à disposição da população na cidade. Todas vão funcionar por 24 horas para garantir o atendimento de emergência aos cariocas. 

Veja as unidades que funcionam 24 horas:

- Hospital Municipal Souza Aguiar – Centro

- Hospital Municipal Miguel Couto – Gávea

- Hospital Municipal Salgado Filho – Méier

- Hospital Municipal Lourenço Jorge – Barra da Tijuca

- Hospital Municipal Pedro II – Santa Cruz

- Hospital Municipal Evandro Freire – Ilha do Governador

- Hospital Municipal Rocha Maia - Botafogo

- Hospital Municipal Francisco da Silva Telles – Irajá

- Hospital Municipal Jurandir Manfredini – Jacarepaguá

- Hospital Maternidade Fernando Magalhães – São Cristóvão

- Hospital Maternidade Carmela Dutra – Lins de Vasconcelos

- Hospital Maternidade Herculano Pinheiro – Madureira

- Hospital Maternidade Alexander Fleming – Marechal Hermes

- Hospital Maternidade Maria Amélia Buarque – Centro

- Hospital da Mulher Mariska Ribeiro – Bangu

- Serviço de emergência da Policlínica Rodolpho Rocco – Del Castilho

- Serviço de emergência da Policlínica César Pernetta – Méier

- Instituto Municipal Philippe Pinel – Botafogo

- UIS Arthur Villaboim – Paquetá

- UPA de Vila Kennedy

- UPA da Rocinha

- UPA do Complexo do Alemão

- UPA de Manguinhos

- UPA da Cidade de Deus

- UPA de Santa Cruz / João XXIII

- UPA do Engenho de Dentro

- UPA de Madureira

- UPA de Costa Barros

- UPA de Senador Camará

- UPA Sepetiba

- UPA Paciência

- UPA Magalhães Bastos

- UPA Rocha Miranda

- Coordenação de Emergência Regional: Centro

- Coordenação de Emergência Regional: Leblon

- Coordenação de Emergência Regional: Barra

- Coordenação de Emergência Regional: Ilha

- Coordenação de Emergência Regional: Santa Cruz

- Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas: Antônio Carlos Mussum

- Centro de Atenção Psicossocial: João Ferreira Silva Filho

- Centro de Atenção Psicossocial: Maria do Socorro Santos

 

Tags: ano, passagem, praia, Rio, Sul, Zona

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.