Jornal do Brasil

Domingo, 20 de Abril de 2014

Rio

Caos no paraíso: Búzios sofre com ruas esburacadas e engarrafamentos

Um dos principais destinos dos turistas, a cidade não se preparou para receber os seus visitantes

Jornal do Brasil

Um dos principais destinos turísticos do Rio de Janeiro durantes as festas de fim de ano, a cidade de Búzios, na Região dos Lagos, está enfrentando sérios problemas causados pela precária infraestrutura urbana. Apesar das belezas naturais e lindas praias, os turistas que chegam à cidade ficam logo estressados com os engarrafamentos, que na manhã de sábado (28) atingiu quase todas as vias do Centro. 

Um paraíso ecológico atingido por problemas de infraestrutura urbana
Um paraíso ecológico atingido por problemas de infraestrutura urbana

O tempo de deslocamento para as cidades vizinhas, que normalmente é de uma hora, passou para até quatro horas. A ocupação das áreas verdes por ambulantes é outra queixa dos moradores, que está preocupados com a depredações dos locais de preservação ambiental.

Na entrada da cidade já é perceptível o abandono do poder público nas vias principais. Buracos e a falta de sinalização não faltam no tour turístico pelo Centro histórico. Na semana passada, a cidade de Armação de Búzios sentiu os efeitos de um forte temporal que caiu na Região dos Lagos, deixando vários pontos de alagamento. Segundo a Defesa Civil, foi o maior volume de chuva em um curto período de tempo registrado na cidade nos últimos 17 anos. Neste sábado, a cidade já estava mais limpa e sem água empoçada nas ruas mais atingidas, mas o lixo ainda incomoda os moradores e visitantes. 

Tags: ambiental, ano, Cidades, festas, fim, preservação, Urbana

Compartilhe:

Comentários

1 comentário
  • marco tulio amaral pereira

    O Brasil com suas belezas que a natureza brindou sem dó e sem piedade, hoje em dia chora pelo descaso de um tal ser humano que habita este país. O Rio de Janeiro não é nem sombra do que já foi em beleza. Praias imundas, ruas terríveis, pontos turísticos viraram locis fantasmas...é uma pena.

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.