Jornal do Brasil

Quinta-feira, 17 de Abril de 2014

Rio

Estátua de Carlos Drummond é pichada em Copacabana

Duas pessoas foram flagradas pichando a estátua do escritor no posto 6

Portal TerraAndré Naddeo

Pela décima vez desde que foi inaugurada, em 2002, a estátua de Carlos Drummond de Andrade amanheceu castigada pelo vandalismo. Na manhã desta quarta-feira de Natal, o monumento, localizado no posto 6, em Copacabana, amanheceu pichado da cabeça aos pés.

Câmeras do Centro de Operações Rio flagraram o momento em que um casal, por volta de 1h20, fez as pichações. A ação durou três minutos. As imagens foram encaminhadas à 13ª DP, em Copacabana, que vai apurar o caso e tentar identificar os autores da depredação.

Câmera do Centro de Operações flagrou o casal que cometeu o ato de vandalismo
Câmera do Centro de Operações flagrou o casal que cometeu o ato de vandalismo

Inaugurada na ocasião do centenário do poeta, a estátua de Drummond é cartão-postal de Copacabana – muitos turistas param no local para registrar fotos. 

Além disso, ao longo dos anos, os óculos de bronze que formam a imagem do escritor foram roubados em oito oportunidades – a última, em maio de 2012, motivou a Prefeitura do Rio a instalar câmeras de monitoramento no local. A obra é de autoria do artista plástico Leo Santana.

Outro ato de vandalismo que chamou a atenção nesta manhã foi a pichação ao monumento de Zózimo Barroso do Amaral, no posto 12, no Leblon. Neste caso, não existem câmeras no local para apurar os responsáveis pelo ato. O caso também está sendo investigado pela 13ª DP.

No final da manhã, moradores do bairro limparam a estátua voluntariamente. 

Tags: drummond, estátua, pichação, Rio, zózimo

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.