Jornal do Brasil

Sexta-feira, 25 de Abril de 2014

Rio

Menina morta em tiroteio entre PM e criminosos é enterrada no Rio

Portal Terra

Foi enterrada na tarde desta terça-feira a menina de 12 anos morta com um tiro na cabeça durante um confronto entre policiais militares e traficantes na favela Para-Pedro, em Colégio, na zona norte do Rio de Janeiro. O corpo de Maria Eduarda Ribeiro foi sepultado no Cemitério de Irajá, no Rio de Janeiro. A menina morreu na segunda-feira. De acordo com informações da Polícia Militar, a garota foi levada pelo tio, Silvano da Silva, também ferido de raspão no tiroteio, até a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) de Rocha Miranda, no subúrbio carioca, mas chegou ao local já sem vida.

Um outro sobrinho de Silvano, identificado como Davi Araújo da Silva, 7 anos, também foi atingido de raspão na cabeça, mas após ser atendido no PAM de Irajá, recebeu alta e passa bem. Ainda segundo informações da PM, não se sabe até o momento se o tiro que matou a adolescente partiu por parte dos policiais militares ou dos traficantes que atuam na região.

Atuando na localidade conhecida como Santinho, a corporação afirmou também que PMs foram alvo dos traficantes quando deixavam o local e revidaram os tiros. As armas usadas na operação policial estão à disposição da 27ª Delegacia de Polícia (Vicente de Carvalho), responsável pelo caso, e um Inquérito Policial Militar (IPM) foi aberto a fim de averiguar a atuação dos policiais, que não tiveram os nomes revelados. 

Moradores da comunidade, revoltados, promoveram na manhã de ontem um protesto na estrada do Colégio, queimando pneus e articulando uma barricada que interditou por cerca de uma hora os dois sentidos na avenida Pastor Luther King. Com a chegada do corpo de Bombeiros e da própria Polícia Militar, o ato foi controlado e a via liberada para o trânsito. 

Desde a segunda quinzena de dezembro que a PM promove seguidas operações policiais na localidade, que vem sofrendo constantes confrontos entre facções rivais pelo controle dos pontos de vendas de drogas. No total, quatro criminosos, segundo a PM, foram mortos na operação e outros dez suspeitos foram presos. 

Tags: enterrada, menina, militares, para-pedro, policiais, traficantes

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.