Jornal do Brasil

Quinta-feira, 24 de Abril de 2014

Rio

Governo do Rio intensifica Operação Lei Seca neste final de ano

Agência Brasil

Rio de Janeiro - Lançada em março de 2009, a Operação Lei Seca – que objetiva coibir o uso de bebida alcoólica por parte dos motoristas – já acarretou o recolhimento de 102.505 carteiras nacionais de Habilitação (CNHs) de motoristas flagrados no estado do Rio de Janeiro dirigindo alcoolizados.

A intensificação da Operação Lei Seca começará hoje (24) e se estenderá até o dia 1º de janeiro de 2014, período em que todo o efetivo estará mobilizado nas ruas para ações de fiscalização e conscientização.

Serão 250 agentes, fazendo um total de 56 operações na véspera e noite de Natal e de Ano-Novo. A equipe de conscientização da Operação Lei Seca, formada por 33 cadeirantes, também vai distribuir material alertando a população sobre o perigo da mistura de álcool e direção.

Segundo o major Marco Andrade, coordenador da Operação Lei Seca, como nos anos anteriores, “o objetivo é que as pessoas possam comemorar as festas de fim de ano com mais segurança”.

A Operação Lei Seca é uma campanha educativa e de fiscalização, de caráter permanente. Os números divulgados pelo governo do Rio indicam que, além das mais de 102 mil CNHs apreendidas desde 2009 até a madrugada desta terça-feira (24), 1.354.953 motoristas foram abordados, o que resultou, ainda, na aplicação de 258.667 multas e na apreensão de 52.994 veículos.

Um total de 105.082 motoristas sofreram sanções administrativas e 3.355, criminais. Foram feitos, no período, 1.183.249 testes com etilômetro – aparelho para medir o teor de álcool no sangue, conhecido como bafômetro.

Tags: alcoólica, bebida, coibir, motoristas, Operação

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.