Jornal do Brasil

Sábado, 19 de Abril de 2014

Rio

PF desarticula quadrilha que explorava máquinas caça-níqueis no Rio

Agência Brasil

A Polícia Federal (PF), com apoio da Corregedoria-Geral Unificada da Secretaria Estadual de Segurança Pública, desarticulou hoje (17) uma organização criminosa que explorava máquinas caça-níqueis no estado do Rio. Até o momento, foram presas na Operação Brasileia, 22 pessoas que atuavam na capital e nos municípios de Nova Friburgo, Duque de Caxias e Cachoeiras de Macacu. A PF também apreendeu equipamentos de informática e celulares, além de R$ 115 mil na residência de um dos acusados.

Os cerca de 100 policiais federais que participam da operação cumprem 28 mandados de prisão, sendo dois deles de policiais e 47 de busca e apreensão. Em nota, a PF informou que "os acusados responderão, na medida de suas participações, pelos crimes de formação de quadrilha, contrabando, descaminho e crime contra a economia popular." 

As investigações começaram em 2011 e a Polícia Federal chegou à quadrilha após sucessivas apreensões de máquinas caça-níqueis em Nova Friburgo, constatando que os equipamentos pertenciam a um mesmo grupo criminoso. Segundo a PF, 19 dos presos residem na região serrana e e mais três foram no Rio de Janeiro, em Cachoeiras de Macacu e Nova Iguaçu. 

Tags: ação, apreensão, federal, jogo, polícia, RJ

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.