Jornal do Brasil

Domingo, 20 de Abril de 2014

Rio

FGV inaugura no Rio prédio de 19 andares projetado por Niemeyer

Agência Brasil

Um dia depois do seu aniversário de nascimento, Oscar Niemeyer foi homenageado hoje (16) com a inauguração de uma torre da Fundação Getulio Vargas (FGV) de 19 andares que leva o seu nome. Projetado pelo próprio Niemeyer há 50 anos, o complexo inclui uma estrutura curvilínea onde funcionará uma biblioteca. O arquiteto, que completaria ontem 106 anos, morreu em 5 de dezembro do ano passado.

Erguida sob criticas dos moradores do bairro, a obra venceu uma batalha judicial que se estendeu por dez anos. A Associação de Moradores e Amigos de Botafogo questionou o fato de o prédio estar acima do gabarito do local, cujo limite é três andares. Provocada pelo Ministério Público Estadual (MPE), a Justiça, no entanto, decidiu manter a obra, cujo projeto foi uma doação de Niemeyer.

“O prédio segue todas as normas legais”, disse hoje o presidente da FGV - dona do empreendimento, de R$ 210 milhões, Carlos Ivan Simonsen Leal. “Houve uma lei votada na Câmara de Vereadores, por maioria expressiva dos vereadores, autorizando a construção”, acrescentou. O prédio foi projetado em 1944 e tem capacidade para 2,5 mil pessoas por dia.

A presidenta da associação, Regina Chiaradia, viu com preocupação a autorização legislativa. Ela explica que a questão é o aumento do tráfego no bairro. "A construção de prédios de mais de dez andares, entre 1960 e 1980, saturou o bairro, tanto que em 1983 a prefeitura estipulou o gabarito máximo. Imagina agora se cada construtora consegue uma licença especial?”, questionou.

Acessível para deficientes e com certificação ambiental, o projeto original foi modernizado pelo sobrinho de Niemeyer, João Niemeyer, também encarregado da decoração, que incluiu peças Iole de Freitas, Maria Lynch e Adriana Barreto. É dessa última artista plástica, a obra Eu Giro e Você... Trata-se de uma escultura vermelha de três metros que contrasta com o concreto na entrada.

Além dos escritórios corporativos que serão alugados pela FGV, o complexo inaugurado hoje tem ainda biblioteca, que será aberta ao público cadastrado, e auditório.

Tags: acessível, alugadas, ambiental, certificação, prédio

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.