Jornal do Brasil

Quinta-feira, 24 de Abril de 2014

Rio

Imprensa internacional repercute chuvas no Rio

Jornais denunciaram falta de estrutura da cidade às vésperas dos grandes eventos

Jornal do Brasil

As intensas chuvas da madruga e manhã de quarta-feira (12) tiveram repercussão nos jornais internacionais The Guardian e The Wall Street Journal. Os dois veículos criticaram a falta de infraestrutura da cidade a seis meses do recebimento da Copa do Mundo em 2014, relatando o alagamento das ruas, principalmente no subúrbio, e alertando para o perigo de desabamentos e mortes. Além disso, os dois jornais afirmaram que os problemas com as chuvas no Rio não são novidade e que, todo ano, a cidade sofre com o resultado das fortes chuvas no período do verão.

O britânico The Guardian, mais crítico que o periódico de Nova York, afirmou que a intensidade das chuvas só ressaltou as preocupações de longa data sobre as inundações e que a cidade é vítima de um “desenvolvimento desleixado e pobre de supervisão pública” durante as últimas décadas, que levaram a uma expansão urbana em locais de risco. O jornal também comentou as imagens de moradores em pé em cima de ônibus e submersos na água lamacenta. O periódico afirmou que a cidade se prepara para receber as Olimpíadas e a Copa do Mundo, além dos milhões de turistas durante o verão, mas que tem sido “repetidamente pega de surpresa pelas chuvas”.

Além disso, o engenheiro e pesquisador em gestão de desastres, Moacyr Duarte, apontou na reportagem do The Guardian para um “desenvolvimento oportunista” na cidade, que coloca toda população e bens em risco. O The Guardian também relembrou a passagem do Papa Francisco pela cidade, em julho deste ano, quando as chuvas destruíram uma área rural que tinha sido preparada para receber um santuário ao ar livre, obrigando as autoridades a alterar o local da missa final. Já as chuvas que arrasaram a Região Serrana em 2011 foram comentadas, em tom de denúncia, pelos dois jornais estrangeiros.

Já o nova-iorquino The Wall Street, além de comentar sobre as cenas de calamidade, citou o caso de Nova Iguaçu, onde mais de mil pessoas foram evacuadas de suas casas. O jornal comentou o anúncio da presidente Dilma Rousseff, que ofereceu ajuda federal ao governo estadual do Rio, incluindo reforços policiais por conta dos diversos saques realizados pela cidade. O comunicado do governador Sérgio Cabral, pedindo por água, colchonetes e alimentos básicos, também foi citado na matéria, que ainda alertou para a previsão de mais chuvas intensas na cidade, o que deixa as periferias e favelas da cidade em estado de alerta.

Tags: chuvas, desastres, Governo, internacionais, jornais, prefeitura, Rio, Tragédia

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.