Jornal do Brasil

Domingo, 20 de Abril de 2014

Rio

Águas do Rio Itabapoana começam a baixar

Agência Brasil

A cidade de Bom Jesus de Itabapoana, no norte fluminense, ainda sofre as consequências do transbordamento das águas do Rio Itabapoana. A região foi atingida pelas fortes chuvas dos últimos dias no estado. De acordo com a Defesa Civil do município, as águas do rio começaram a baixar, mas ainda está 1 metro acima do nível de transbordamento.

O sistema de alerta de cheias do Instituto Estadual do Ambiente (Inea) em Bom Jesus de Itabapoana permanece no nível mais alto, com acumulado de 72 milímetros (mm) de chuva nas últimas 24 horas. A precipitação parou pela manhã e não choveu na cidade durante todo o dia. De acordo com a Defesa Civil, um adolescente continua desaparecido, após o rompimento de uma tubulação, e um homem morreu.

Porciúncula, também na região norte do estado, acumula a maior precipitação nas últimas 24 horas, com 162,8mm, mas a situação está “sob controle”, de acordo com o secretário de Defesa Civil, Gláucio Mansur, apesar de o Rio Carangola permanecer em alerta máximo pelo sistema do Inea. “Nós tivemos uma queda no nível do rio hoje, estamos no momento com 4,61 metros. O nosso transbordo no ponto mais baixo da cidade é com 5,30 metros”, disse.

Segundo o secretário, o bairro de Olívia Peres foi alagado por uma enxurrada ontem e dez famílias, 32 pessoas no total, estão desalojadas. “Não houve prejuízo nas casas, elas estão em um colégio estadual, e temos acompanhamento com assistente social”.

O alerta máximo no estado do Rio de Janeiro permanece também para o Rio Muriaé, nas cidades de Lage do Muriaé, Itaperuna, Cardoso Moreira e Italva, no norte-noroeste do estado, e para o Rio Capivari, em Belford Roxo e Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. 

Tags: a maior, acumula, do estado, Norte, precipitação

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.