Jornal do Brasil

Sexta-feira, 18 de Abril de 2014

Rio

Nova Iguaçu decreta estado de calamidade pública por causa da chuva

Portal Terra

A prefeitura de Nova Iguaçu (RJ) decretou estado de calamidade pública devido às fortes chuvas que atingem a cidade desde a madrugada desta quarta-feira. O prefeito Nelson Bornier suspendeu as aulas das escolas municipais e liberou seis Centros Integrados de Educação Pública (Cieps) para receber os desabrigados e desalojados. 

Houve um desmoronamento no Morro do Inferninho, no bairro de Austin, e 50 famílias foram retiradas do local pela defesa civil do município, que condenou os imóveis. Segundo a prefeitura, há um ferido sem gravidade. O prefeito solicitou ainda ajuda ao governo estadual para lidar com os rios e valões que transbordaram.

A Defesa Civil municipal e os bombeiros seguem com as buscas pelo pedreiro Martim Mesquita da Silva, 50 anos, desaparecido desde a madrugada, quando foi arrastado pela correnteza do rio que corta o bairro de Austin. 

O canal do Paiol, no bairro de Vila Cava, transbordou, deixando cerca de 1 mil desalojados. 

O município estava em estado de emergência desde segunda-feira e ainda não havia se recuperado do temporal que atingiu o Rio na quinta-feira. A Diocese de Nova Iguaçu da cidade também liberou as paróquias para receber desalojados e desabrigados.

A Via Dutra, um dos principais pontos de acesso à cidade e a São Paulo, está com cinco pontos de alagamento: os quilômetros 175 e  186, em Nova Iguaçu, o quilômetro 163, na altura do Rio de Janeiro, 174 em Belford Roxo e 202 em Seropédica. 

Chuva também atinge São João de Meriti

No município de São João de Meriti choveu 123 milímetros das 18h de ontem até as 11h de hoje. A Defesa Civil também registrou pontos de alagamentos nos bairros do Éden e Parque Juriti, além do transbordamento do rio Pavuna, que está em alerta máximo.

Mesmo com o temporal, a Defesa Civil informou que não houve necessidade de acionar as sirenes do sistema de alerta para que as pessoas procurassem abrigo. Também houve dois deslizamentos de pequeno porte nos bairros de Analândia e Parque Araruama. 

Tags: baixada, calamidade, enchentes, Fluminense, Temporal

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.