Jornal do Brasil

Quinta-feira, 24 de Abril de 2014

Rio

Anuário da Mata Atlântica é lançado no Rio

Agência Brasil

Com o objetivo de reduzir a taxa atual de perda de biodiversidade, representantes da Convenção da Diversidade Biológica, tratado ambiental da Organização das Nações Unidas (ONU), lançaram hoje (10) o Anuário da Mata Atlântica. A publicação deste ano inclui 20 metas, divididas em cinco objetivos. Até 2020, governos, autoridades ambientais e sociedade civil deverão cumprir essas metas em todo país.

Anuário da Mata Atlântica é parte de um programa permanente da organização não governamental (ONG) Reserva da Biosfera da Mata Atlântica, criado em 1999 com o objetivo de consolidar, atualizar e disponibilizar informações sobre o Bioma da Mata Atlântica de forma sistemática e periódica. O anuário possibilita também análises comparativas sobre os avanços e desafios na conservação, conhecimento científico e tradicional e o desenvolvimento sustentável na Mata Atlântica, subsidiando projetos e políticas públicas.

Segundo o presidente da ONG, Clayton Lino, o objetivo do projeto é integrar-se à política nacional, coordenada pelo Ministério do Meio Ambiente, com o acompanhamento e a avaliação do cumprimento das metas. "Mais do que isso, pretendemos contribuir para criar mecanismos e fomentar ações nacionais e subnacionais, no sentido de cumprir e implementar os objetivos e metas no domínio Mata Atlântica e em suas regiões marinhas adjacentes."

De acordo com Lino, o anuário mostrará ao grande público a importância da preservação do meio ambiente. "Muitas vezes, a população está afastada das questões ambientais. Queremos realizar ações de integração para montar um mutirão em defesa da biodiversidade."  

Para o secretário de estado do Ambiente, Carlos Minc, todos os setores da sociedade vão ganhar com o desenvolvimento ambiental. "O meio ambiente está atrelado diretamente ao desenvolvimento da população e, quando se encontram maneiras de alavancar esse processo, a população precisa entender e abraçar essa causa", disse Minc. "O Rio tem grande potencial, e pode servir de vitrine para todo o Brasil", acrescentou o secretário.

Os objetivos e as metas definidos pela Convenção da Diversidade Biológica podem ser consultados no site da ONG Reserva da Biosfera da Mata Atlântica.

Tags: atlantica, biosfera, lançamento, mata, reserva

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.