Jornal do Brasil

Quarta-feira, 23 de Abril de 2014

Rio

Com direito a maquiagem e flores, 130 casais gays casam no Rio

De acordo com coordenador do Rio Sem Homofobia, cerimônia foi a maior já realizada no mundo

Portal TerraPaula Bianchi

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro realizou neste domingo (08/12), Dia da Justiça, o casamento de 130 casais homoafetivos de 14 municípios do Estado. Com direito a maquiagem e flores para os noivos e noivas, a cerimônia ocorreu no auditório da Escola de Magistratura e celebrada por duas juízas de paz.

O coordenador do Rio Sem Homofobia, Cláudio Nascimento, destacou a singularidade da cerimônia. "Esse é o maior casamento homoafetivo coletivo realizado no País e no mundo até hoje. Temos gente de toda a parte do Rio de Janeiro", ressaltou.

Ao todos, casaram 89 casais de lésbicas, 40 casais gays e uma transexual e seu companheiro. Desses, 148 pessoas tem entre 30 e 49 anos e 72% estão juntos a mais de quatro anos – um dos requisitos da cerimônia era já ter reconhecida perante a Justiça a união estável. Nascimento lembrou ainda que 77 dos noivos ganham até um salário mínimo e 86% daqueles que vivem na capital são da zona norte e oeste da cidade. "Isso nos desafia a incluir estas famílias nas políticas públicas já existentes", disse.

A desembargadora do Tribunal de Justiça Cristina Gaulia, idealizadora do projeto, citou como maior vitória a conquista do direito dos casais de "saírem da clandestinidade". "Ninguém deve ter que se esconder pela prática de amor o outro", disse.

Os casais, que puderam trazer cada um quatro convidados e uma madrinha ou padrinho, lotaram o salão e disseram o sim todos juntos depois de recitarem os votos lidos pelas juízas de paz. Antes disso, parte do público cantou junto a música Emoções, de Roberto Carlos, cantada ao vivo pela transformista Jane di Castro

Tags: casamento, coletivo, Dia, gay, justiça

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.