Jornal do Brasil

Sexta-feira, 25 de Abril de 2014

Rio

Pontos da Baixada Fluminense continuam sem energia após temporal de quinta

Agência Brasil

A concessionária de energia elétrica Light ainda trabalha para normalizar o abastecimento da região metropolitana, depois de danos causados à rede pelo temporal de quinta-feira (5). Na manhã de hoje (7), técnicos da companhia estão em parte de Nova Iguaçu e Duque de Caxias.

A companhia informa que o fornecimento está sendo gradativamente restabelecido e que o trabalho está em fase de finalização. Na capital, pontos de Jacarepaguá, na zona oeste, também estão sem luz.

O temporal da noite de quinta-feira (5) deixou duas pessoas mortas no Rio. Na zona oeste, uma árvore caiu em cima de um carro e matou uma pessoa, em Barra de Guaratiba. Em um bairro vizinho, Guaratiba, uma pessoa morreu eletrocutada ao encostar em um fio solto.

Na Baixada Fluminense, segundo a Defesa Civil, um deslizamento de terra e pedra matou uma mulher em Nova Iguaçu. Já na Região dos Lagos, um homem foi atingido por um raio na cidade de Cabo Frio e também morreu.

O município de Queimados, também na Baixada Fluminense, decretou estado de emergência após registrar mais de 60 ocorrências entre desabamentos, alagamentos e queda de árvores.

Na Tijuca, zona norte do Rio, foi registrado o maior volume de chuva em dez anos. De acordo com a Rio Águas, foram contabilizados 92 milímetros de chuva em apenas uma hora.

Para este fim de semana, há previsão de ressaca no sábado e no domingo, com ondas de 2,5 a 3,5 metros, de acordo com o Centro de Hidrografia da Marinha.

Tags: baixada, Oeste, Rio, temporais, Zona

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.