Jornal do Brasil

Quinta-feira, 24 de Abril de 2014

Rio

Chuvas deixam quase 200 desabrigados no Norte Fluminense

Agência Brasil

Subiu para 193 o número de pessoas desabrigadas por causa da forte chuva que, desde o fim de semana, castiga o município de Macaé, no Norte Fluminense. Inicialmente, os moradores estão sendo encaminhados para o Colégio Municipal Ancyra Gonçalves Pimentel, no bairro de Miramar. A escola registra 63 famílias acolhidas, sendo 110 adultos e 83 crianças e adolescentes.  

Segundo o sistema de alerta de cheias do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), os rios São Pedro e Macaé seguem em alerta máximo e correm risco de transbordamento. O mesmo ocorre com os rios Muriaé, Itaperuna, Carangola, Itabapoana e Paraíba do Sul, que cortam os municípios de Itaperuna, Porciúncula, Natividade, Campos de Goytacazes e Bom Jesus do Itabapoana, todos situados nas regiões Norte e Noroeste do estado.

De acordo com o Inea, que monitora os rios do estado, o alerta máximo é o mais grave de uma escala de quatro níveis, que significa que a água já atingiu mais de 80% do nível de transbordamento. Ontem (2) em Macaé, uma criança de 6 anos morreu por causa de um deslizamento de terra no Morro do Santana.

O mapeamento feito pela prefeitura confirma que todas as bacias hidrográficas do município estão alagadas. O índice de saturação do solo prejudica a drenagem das águas pluviais, pela dificuldade de absorção, tendo em vista o volume anormal de chuvas no período da madrugada (da meia-noite às 4h), que chegou a 238 milímetros, de acordo com a Defesa Civil Municipal.

Cerca de 37 mil alunos da rede municipal, matriculados em 105 unidades de ensino da cidade, estão sem aula desde ontem. A prefeitura informou que as aulas retornarão depois que a situação das chuvas for normalizada. A previsão do tempo para Macaé hoje é céu parcialmente nublado, com chuvas em pontos isolados.

Tags: enchentes, Norte, região, rios, Vítimas

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.