Jornal do Brasil

Segunda-feira, 24 de Novembro de 2014

Rio

Fernandinho Beira-Mar é transferido para Catanduvas 

Portal Terra

Após passar por cinco prisões em estados diferentes, o traficante Fernandinho Beira-Mar foi transferido na quinta-feira, pela terceira vez, para a Penitenciária Federal de Catanduvas, no Paraná. A decisão foi motivada pelas suspeitas de que comparsas do criminoso estavam se fixando na cidade de Porto Velho (RO), onde ele estava preso desde fevereiro. 

Rumores apontavam que ele estaria rearticulando um esquema para comandar sua rede criminosa. Mesmo com as suspeitas, o Departamento Penitenciário Nacional (Depen) informou que o rodízio de presos perigosos faz parte de uma política regular adotada nos últimos anos nos presídios federais de segurança máxima. 

Um dos objetivos é impedir que eles criem vínculos com outros detentos ou viabilizem meios de comandar seus negócios de dentro da prisão. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

Forte esquema de segurança foi montado para a escolta do traficante desde o Aeroporto de Cascavel, onde o avião do Depen pousou, até Catanduvas, a 55 km. Além de Beira-Mar, ontem, outros 108 presos foram transferidos, em uma megaoperação que mobilizou 23 agentes, dois aviões e diversas viaturas. O presídio de Porto Velho, de onde saiu Beira-Mar e outros oito detentos, recebeu 19 presos transferidos de outras unidades. No de Mossoró (RN), saíram 11 e chegaram 11, enquanto o de Campo Grande (MS) recebeu 43 e despachou 15.

Tags: beira-mar, perigo, PR, tráfico, transferência

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.