Jornal do Brasil

Segunda-feira, 22 de Setembro de 2014

Rio

Polícia apresenta resultados de operação na Pedreira e Morro do Dezoito

Três traficantes foram presos e um menor, apreendido. Operações vão continuar

Jornal do BrasilHenrique de Almeida

A Polícia Civil apresentou, nesta quinta-feira(13), três traficantes presos durante operação de repressão ao tráfico de drogas nos Morros da Pedreira, em Costa Barros, e no Morro do Dezoito, em Água Santa, ambos na Zona Norte do Rio. 

Além dos três presos, um menor foi detido e encaminhado à Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente(DPCA).

A operação ocorreu em conjunto com a Delegacia de Homicídios(DH), que investiga o assassinato de dois comerciantes no Morro dos Macacos, em Vila Isabel. Já se sabe que o mandante dos crimes foi o traficante conhecido como Scooby.

Foram encontrados com os presos 145 sacolés de maconha, 15 sacolés de cocaína e  94 cápsulas de cocaína. Também ocorreu a apreensão de um fuzil, uma granada e uma pistola.

Traficantes apresentados

Alexsandro da Silva Faustino, de 32 anos, é o mais velho dos traficantes presos. Com ele foi encontrado um fuzil, com o qual ele teria atirado contra o helicóptero da Polícia Civil durante a operação, realizada desde a manhã da última segunda-feira (10). O traficante foi preso no morro da Pedreira sob acusação de tráfico, associação para o tráfico e utilização de fuzil.

Wesley Araújo Ferreira, conhecido como Toró, também encontrado na Pedreira, tem 22 anos e ficha corrida extensa: foram expedidos contra ele dois mandados de prisão por homicídio e um por tráfico de drogas.

Encontrado no Morro do Dezoito, em Água Santa, Maxwell Bruno Ribeiro Alves, de 23 anos, foi autuado por tráfico de drogas. Junto com ele estava o menor de idade encontrado com o grupo, que foi encaminhado à DPCA.

Mandante de assassinatos está foragido

O traficante Leandro Botelho Nunes, conhecido como Scooby, é um dos chefes do tráfico no Morro dos Macacos. Ele foi confirmado como o mandante dos assassinatos dos comerciantes Flávio Duarte, o "Flávio da Padaria", no dia 4 de setembro, e Gilmar Paiva de Campos, o "Russo", dois dias depois. O traficante está foragido.

Rivaldo Barbosa, Delegado Titular da Delegacia de Homicídios(DH), confirmou que os autores desses homicídios já foram identificados. Ele destacou a participação da população para que isso acontecesse:

"Foi fundamental a participação dos moradores do Morro dos Macacos para que se chegasse aos autores. Em breve apresentaremos os envolvidos nesses crimes", declarou o delegado.

Barbosa lembrou que o Morro dos Macacos está pacificado desde 2010 e enfatizou a dificuldade de lidar com os traficantes remanescentes na localidade. 

"O próprio Beltrame (José Mariano, Secretário de Segurança) já havia declarado que a pacificação é um caminho sem volta. E todos sabem que não é uma tarefa fácil".

Fernando Veloso, sub-chefe operacional da Polícia Civil, declarou que as operações na região vão continuar nos próximos dias. E alerta os traficantes:

"Se eles acham que vão conseguir impor o terror naquela região, podem esquecer. A população não irá mais se submeter a eles. Essa época já acabou", finalizou.

Tags: 18, dh, macacos, Operação, pc, pedreira, tráfico

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.