Jornal do Brasil

Segunda-feira, 1 de Setembro de 2014

Rio

Polícia Civil prende espanhóis acusados de assassinar mulher em Arraial do Cabo

Jornal do Brasil

Os espanhóis Pedro Lluiz Toribio, 28 anos, e Pedro Manoel Gomez Lozzano, de 38, foram presos, nesta quinta-feira (29), por policias da 132ª DP (Arraial do Cabo), acusados de terem espancado até a morte, durante uma tentativa de estupro, a escriturária Denise Moraes de Carvalho, 31 anos. O crime ocorreu na terça-feira de carnaval, em Arraial do Cabo, na Região dos Lagos. 

De acordo com a delegada Cláudia Faissal, titular da 132ª DP, além dos estrangeiros, a garçonete Jaqueline do Carmo, 21 anos, também foi presa. Ela teria assistido o crime e era álibi de um dos acusados, mas segundo a titular, a mulher se contradisse diversas vezes durante os depoimentos. 

A delegada explicou que, de acordo com as investigações, os espanhóis abordaram a vítima em um cruzamento para pedir informações. Eles obrigaram a escriturária a entrar em um veículo onde a garçonete estava escondida. 

Ainda segundo a delegada, o trio pretendia fazer uma orgia, mas como Denise não consentiu, ela foi espancada até a morte. 

Os estrangeiros estavam no Brasil trabalhando em uma empresa espanhola que presta serviços no Porto do Forno em Arraial do Cabo. Eles tiveram a prisão temporária pedida, pois o contrato deles no Brasil estava chegando ao fim.

Tags: crime, escriturária, estrangeiros, prisão, Rio

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.