Jornal do Brasil

Sábado, 20 de Setembro de 2014

Rio

Polícia Civil prende espanhóis acusados de assassinar mulher em Arraial do Cabo

Jornal do Brasil

Os espanhóis Pedro Lluiz Toribio, 28 anos, e Pedro Manoel Gomez Lozzano, de 38, foram presos, nesta quinta-feira (29), por policias da 132ª DP (Arraial do Cabo), acusados de terem espancado até a morte, durante uma tentativa de estupro, a escriturária Denise Moraes de Carvalho, 31 anos. O crime ocorreu na terça-feira de carnaval, em Arraial do Cabo, na Região dos Lagos. 

De acordo com a delegada Cláudia Faissal, titular da 132ª DP, além dos estrangeiros, a garçonete Jaqueline do Carmo, 21 anos, também foi presa. Ela teria assistido o crime e era álibi de um dos acusados, mas segundo a titular, a mulher se contradisse diversas vezes durante os depoimentos. 

A delegada explicou que, de acordo com as investigações, os espanhóis abordaram a vítima em um cruzamento para pedir informações. Eles obrigaram a escriturária a entrar em um veículo onde a garçonete estava escondida. 

Ainda segundo a delegada, o trio pretendia fazer uma orgia, mas como Denise não consentiu, ela foi espancada até a morte. 

Os estrangeiros estavam no Brasil trabalhando em uma empresa espanhola que presta serviços no Porto do Forno em Arraial do Cabo. Eles tiveram a prisão temporária pedida, pois o contrato deles no Brasil estava chegando ao fim.

Tags: crime, escriturária, estrangeiros, prisão, Rio

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.