Jornal do Brasil

Sexta-feira, 28 de Novembro de 2014

Rio

Supermercado Guanabara consegue liminar para reabertura em Niterói

Em mês de aniversário, estabelecimento causa transtornos no trânsito

Jornal do Brasil

Depois de ficar fechado desde ontem, a loja do supermercado Guanabara em Niterói, conseguiu na Justiça uma liminar para a reabertura do estabelecimento nesta quarta-feira (19).

A liminar foi conseguido no plantão judiciário desta quarta-feira, dia 19, e derruba um mandado de segurança contra ato do secretário de segurança e controle urbano do município de Niterói, que embargou administrativamente o funcionamento de uma loja do grupo sob a alegação de transtorno causado ao sistema viário da cidade em função de promoções realizadas pelo supermercado. 

Segundo o Guanabara, a prefeitura foi cientificada da realização do evento promocional previamente, tendo o supermercado, inclusive, efetuado o pagamento referente ao quadro de apoio móvel operacional para controle de tráfego e conseqüente realização do evento. A empresa afirmou ainda que obteve o “nada a opor” das autoridades públicas locais, tendo cumprido o que determina a legislação.

Tags: aniversário, mês, metropolitana, produtos, reabertura, região

Compartilhe:

Comentários

12 comentários
  • paulo cesar oliveira, são gonçalo

    Em 1o lugar, quero dizer que não sou frequentador desse mercado. Em 2. lugar, se existe o tal engarrafamento, a culpa deve se exclusivamente de quem organiza o transito, a Prefeitura da cidade.Todos sabem que este mercado, está sempre realizando promoções, e a Prefeitura da cidade já deveria ter ciencia disso e organizado um esquema especial. Infelizmente, nota-se uma total incompetencia de praticamente todas as prefeituras do Estado do Rio de Janeiro, no que se refere a organização do transito. O que vemos, é uma turma de guardas municipais e de pardais, cujos objetivos são arrecadação de multas e nada mais.

  • Antonio Ramalho, Niteroi

    Qualquer dia de chuva, acidentes,em fim o normal já é um caos no transito em niterói. Porque os politiqueiros tomaram conta de niterói a anos não fazem nada para melhorar a vida do cidadão, só pensam em receber propinas, agora esse abusrdo de proibir um estabelecimento publico de funcionar por fazer promoções, unico objetivo com certeza desses politiqueiros é querer ganhar mais propinas desse estabelecimento.

  • Ricardo, Niterói

    O errado sou eu que pago um IPTU altíssimo e tenho tolhido o meu direito de ir e vir que seria garantido por uma constituição falida que ninguém respeita. O trânsito onterm engarrafou até no Rio (Centro) por conta dessa palhaçada. Gostaria de saber qual foi o incompetente que permitiu construção de supermercado de tal porte num local tão inapropriado assim. Tá cada vez mais difícil viver em Niterói.

  • ARMANDO DA SILVA CRUZ, NITERÓI

    A análise de questões e/ou eventos inusitados em Niterói, algumas vezes revelam posturas da gestão pública que são desconfortáveis do ponto de vista da eficiência. Precisamos pensar “... Toda emancipação constitui uma restituição do mundo humano e das relações humanas ao próprio homem.” - Karl Marx. Niterói deve desenvolver uma gestão mais eficiente e moderna à altura do que seu projeto arquitetônico e planejamento urbanístico. Suprimir indicações políticas e qualificar gestores técnicos, urgente!

  • Roberto Lima, Rio de Janeiro

    Este senhor Secretário é, no minimo, um incompetente para a função que exerce. Se a prefeitura foi avisada e autorizou a promoção, inclusive pagaram a taxa para reforço no controle do trânsito, não tem porque impedir a promoção. Pura incompetência e falta de planejamento do governo. Aliás, não é a 1ª vez. Talvez, este secretário seja "funcionário ou beneficiado" pelo demais concorrentes desta rede de mercados e tentou impedir a promoção, contrariando o direito da população de buscar o melhor preço. Fora, Sr. Secretário !!!!!!!!!!!!!!

  • Gemima Pimentel, Niteroi

    Engarrafamento em Niterói já é uma constante, mesmo não sendo aniversário do Guanabara.
    Acho absurda esta justificativa para o caos do trânsito, talvez seja uma pressão de outros supermercados pois os preços oferecidos pelo Guanabara não poderão ser atingidos por outro qualquer da cidade e inventaram este meio para forçar o fechamento do mesmo.

  • matheus, rj

    kkkkk

  • Leandro Muniz, Rio de Janeiro

    Sabia que algo assim ia acontecer mais cedo ou mais tarde... Todos sabem que o Grupo Pão de Açúcar solta uma grana na mão da Prefeitura de Niterói a anos, mantendo os supermercados rivais longe da cidade. Depois da morte do Artur Sendas, o Grupo Guanabara conseguiu uma brecha com muito custo para abrir uma loja em Niterói, mas não demorou muito e a prefeitura da cidade já arrumou um motivo para dar prejuízo a eles e favorecer o Grupo Pão de Açúcar, que domina Niterói. Como se o funcionamento de um supermercado fosse o causador do trânsito horrível de Niterói. Lamentável...

  • Silvio de Lima, Niterói RJ

    Minha filha, que é uma criança especial, perdeu uma consulta médica com sua NEUPEDIATRA, agendada a muito tempo. Quem cobre nossos prejuízos? Ficamos mais de três horas presos no trânsito devido ao Senhor Guanabara.
    Conheçam a Mariana em www.westmariana.com

    E o ano passado aconteceu a mesma coisa Niterói parou!
    Como solução para o anoe que vem a prefeitura de Niterói ou o Estado do Rio de Janeiro devem decretar feriado.

    Vejam o que o irmão da Mariana escreveu o ano passado:

    http://mobilioo.blogspot.com/2010/10/o-que-eu-quero-e-preco.html

    O que eu quero é... PREÇO!!!

    O dia já tinha amanhecido, mas eu ainda dormia. Eram dez horas da manhã e já fazia um mês que eu não acordava naquele horário. Assim que levantei, meu pai lançou a seguinte pergunta com um tom de obrigação: “Vamos ao Guanabara?!?” Enquanto meu pai estava no Gua..., minha consciência já estava no aeroporto internacional embarcando para Tóquio.
    Nos arredores do supermercado, já era possível perceber uma anormalidade. Apesar de o trânsito niteroiense ser ridículo, eu nunca imaginava que iria parar no trânsito as onze da manhã. Depois de meia hora, chegamos à porta do supermercado. Por lá, havia um guarda de trânsito. Segundo ele, o mercado estava entupido como nunca antes na história e o dono mandou fechá-lo por algum tempo. Naquele momento descobri algo que meu pai havia escondido de mim: Era aniversário do Guanabara.
    Eu ainda não tinha conseguido entender como um supermercado gigante e com 80 filas de compras estaria lotado, isso só aconteceria se Niterói inteira estivesse lá.
    (...)
    Depois de ficar uma hora na fila da entrada do estacionamento, entramos como gladiadores na cova dos leões gonçalenses.
    Ao estacionar o carro, descobrimos que os 1500 carrinhos do mercado estavam em falta, e para pegar um era necessário ficar em outra fila enorme. Foi aí que meu pai teve a segunda melhor ideia do dia (a melhor estará nas próximas linhas): “Vamos ver como está lá em cima. Se estiver impossível a gente vai embora”.
    (...)
    A rampa de subida pra mim assemelhava-se a um monstro que estava prestes a me engolir. Dali já era possível ver o caos no mercado (como se eu não pudesse ter percebido isso antes). Além disso, eu via nos rostos das pessoas que estava indo embora o retrato do cansaço. Eu peguei a conversa de uma senhora que disse que estava lá desde as seis da manhã!
    Descobri que o inferno era logo acima, no fim da rampa.
    Eu vi de tudo naquele lugar. Enquanto os anunciadores (três) gritavam as malditas promoções dos selinhos, as pessoas se atropelavam para pegá-los. Ali, os seres humanos voltaram a ser selvagens.
    (...)
    Depois de ver um rapaz ‘domando’ três carrinhos super cheios, meu pai teve a melhor ideia do dia: “Vamos embora daqui, agora!”
    O relógio anunciava três horas da tarde quando saímos daquele recinto maldito.
    (...)
    Foi nesse momento que minha consciência voltou pra minha cabeça junto com meu bom senso.
    sexta-feira, 22 de outubro de 2010

  • elias de brasilia, asa sul

    eu amo o supermecado guanabara do rio de janeiro quando eu vou para o rio de janeiro eu sempri q posso eu vou mo guanabara de niteroi a prefeitora q propinas as mãos olho vivo ai galera do guanabara com o prefeito de niteroi ok

  • Laura, RJ

    Está claro que isso é intriga da oposição. Todos podem comprar o que quiser e aonde quiser.Que façam o mesmo, os outros donos de mercado. Pena que a prefeitura se deixou levar.... Lamentável, oportunista a todo custo querem nos ver na pior. Salve! Salve Guanabara!.

  • Paulo Martins, Niterói

    Tá na hora do Povo de Niterói acordar e tirar essa camarilha do PDT de nossa cidade. Acorda Niterói.

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.