Jornal do Brasil

Sábado, 25 de Março de 2017

Rio

Tiroteios somam 35 mortos desde sábado

Jornal do Brasil

João Pequeno, JB Online

RIO - Subiu ontem para 35 o número de mortos desde sábado, quando traficantes do Comando Vermelho (CV) tentaram invadir o Morro dos Macacos, em Vila Isabel (Zona Norte), e derrubaram um helicóptero da PM, matando três policiais. Na madrugada de ontem, mais dois homens foram mortos na Vila Cruzeiro, na Penha, onde, durante o dia, 70 PMs do 16º Batalhão (Olaria) entraram à procura do traficante Fabiano Atanázio da Silva, o FB, apontado como mandante da invasão.

Perfurados por balas, os corpos de Michael Willian Simões e Reinaldo Castorino de Oliveira foram deixados pelo motorista de uma kombi em frente ao Hospital Estadual Getúlio Vargas (HGV), na Penha, logo após a meia-noite. O motorista disse à polícia que recebeu ordens de bandidos para levar os corpos ao HGV, mas não soube explicar como os homens morreram.

Segundo a PM, Michel e Reinaldo seriam criminosos, ligado ao Comando Vermelho, e teriam morrido no intenso tiroteio ocorrido durante a operação policial na favela, pela manhã, que começou às 10h30 e foi até depois das 13h. Durante este mesmo tiroteio, ficaram feridos o estudante José Carlos Guimarães da Costa Jr., de 18 anos, com um tiro na barriga; o desempregado Marcelo Luiz da Cruz, de 30, atingido na cabeça; e Márcio Almeida Gomes, que sofreu fraturas expostas nas duas pernas. Todos eles foram atendidos no Hospital Getúlio Vargas.

A polícia suspeita de que possa ainda haver mais corpos no interior da favela aguardando remoção, de acordo com informações passadas por moradores.

Operações continuam

Como vem fazendo desde sábado, a Polícia Militar incursionou a diversas favelas dominadas pelo Comando Vermelho (CV), à procura de envolvidos na derrubada do helicóptero, a começar por FB, por quem o Disque-Denúncia aumentou de R$ 2 mil para R$ 5 mil a recompensa por informações que levem ao paradeiro.

Na manhã de ontem, o 16º Batalhão da PM escolheu um novo alvo e acabou prendendo dois homens e apreendendo menores de idade no Conjunto Habitacional Cidade Alta, em Cordovil (Zona Norte).

De acordo com os policiais, os sete detidos também são ligados ao CV e participaram da tentativa de invasão ao Morro dos Macacos, em Vila Isabel, dominado pela facção rival Amigos dos Amigos (ADA). Segundo os PMs, os sete se juntaram a criminosos da Vila Cruzeiro e do Morro São João, no Engenho Novo, vizinho do Macacos, para fazer a invasão.

Durante a operação na Cidade Alta, a PM apreendeu uma pistola 765, um carregador, 372 sacolés de cocaína, 222 trouxinhas de maconha, 68 pedras de crack e 19 bolinhas de haxixe, na Rua Ponto Chic.

No começo da tarde, PMs iniciavam operações nas favelas da Ladeira dos Tabajaras, em Copacabana, e da Fallet, no Catumbi.

O coronel Marcus Jardim, chefe do 1º Comando de Policiamento de Área (CPA), confirma que o principal lavo das operações é o traficante FB, foragido desde 2002, quando pôde sair da cadeia para visitar a família e nunca mais voltou, e é descrito como violento e sanguinário .

Em Realengo (Zona Oeste), mais um homem morreu ao trocar tiros com PMs, mas, aparentemente, sem relação com as operações.

Compartilhe: