Jornal do Brasil

Quarta-feira, 17 de Setembro de 2014

Cultura - Programa

Mostras de Cinema e sessões extras - 1 a 7 de julho

Jornal do BrasilArliete Rocha

HITCHCOCK / CCBB

RIO FESTIVAL DE CINEMA GAY 

SESSÃO ABRACI / NORMA BENGELL

O UNIVERSO DE MIYAZAKI, OTOMO E KON 

HITCHCOCK – A mostra reverencia o diretor Alfred Hitchcock (1899-1980), reconhecido como o mestre do suspense e reúne 54 longas-metragens, 5 curtas e seus trabalhos para a TV (117 episódios da série Alfred Hitchcock Presents). Completam a mostra curso gratuito, masterclass, debates e sessões especiais de filmes mudos com música e narração ao vivo. 3ª, às 10h: Alfred Hitchcock Apresenta / Programa 25 (DVD. 12 anos). 3ª, às 12h: Disque M para matar (EUA, 1954. cor. 1h45.  35mm. 16 anos). Com Ray Milland, Grace Kelly, Robert Cummings. Enquanto o marido tenista Tony viajava em competição, Margot teve um rápido caso com o romancista americano Mark Cummings. Temendo perder a rica esposa para o escritor, Tony planeja matá-la e receber a herança. Para isso, chantageia um aventureiro necessitado e o convence a estrangulá-la em casa. Porém as coisas não acontecem como ele tinha planejado. 3ª, às 17h: Festim diabólico (EUA, 1948. cor. 1h20.  35mm. Livre). Com  James Stewart, John Dall, Joan Chandler. Numa noite de verão em Nova York, dois jovens amigos estrangulam um colega pela volúpia de cometer o crime perfeito. O cadáver é escondido em um baú na sala, onde será servido um coquetel para um pequeno grupo, que inclui os pais e a namorada do morto, além de um antigo professor universitário. 3ª, às 19h30: Rebecca, a mulher inesquecível (EUA, 1940. p&b. 2h10. 35mm. 14 anos). Com  Laurence Olivier, Joan Fontaine, Judith Anderson. No século 19, uma jovem e inocente dama de companhia se casa com um belo lorde e vai viver na mansão Manderley. Max ainda vive atormentado pela morte da primeira mulher em um acidente havido há um ano. A nova esposa é aterrorizada pelas memórias ssa mulher, e se deixa dominar pela governanta da casa. 4ª, às 10h: Alfred Hitchcock Apresenta / Programa 26 (DVD. 12 anos). 4ª, às 12h: Correspondente estrangeiro (EUA, 1940. p&b. 2h. 35mm.14 anos). Com Joel McCrea,  Laraine Day, Herbert Marshall.  Jones, um jornalista americano, é enviado à Europa para cobrir a eventualidade de uma guerra mundial. Como primeiro trabalho, ele deve desvendar a história de um tratado secreto entre dois países europeus firmado pelo famoso diplomata Sr. Van Meer. Porém o velho político holandês é sequestrado, e Jones é ajudado por uma moça para rastrear um grupo de espiões. 4ª, às 17h: Elstree Calling (Inglaterra, 1930. p&b. 1h26.35mm. Livre). Com Gordon Begg,Teddy Brown, Helen Burnell. Show de variedades com uma série de 19 musicais e esquetes de comédias de "Vaudeville" apresentadas como numa transmissão ao vivo por Tommy Handley. 4ª, às 19h30:  Interlúdio (EUA, 1946. p&b. 1h41. 35mm. Livre). Com Ingrid Bergman, Cary Grant (Devlin), Claude Rains. No final da Segunda Guerra Mundial, um espião nazista é condenado por um tribunal americano, e sua filha Alicia passa a levar uma vida depravada até que é solicitada por um agente para colaborar na prisão de um antigo amigo de seu pai que mantém um esconderijo de espiões nazistas no Rio de Janeiro. 5ª, às 10h: Alfred Hitchcock Apresenta / Programa 27 (DVD. 12 anos). 5ª, às 12h:  A mulher do fazendeiro (Inglaterra, 1928. p&b. 1h37. DVD. mudo. 10 anos). Com Lillian Hall-Davis, James Thomas,  Maud Gill. Após o casamento de sua filha, um fazendeiro viúvo decide se casar novamente. Com a ajuda de sua jovem criada, ele sai em busca de uma noiva, mas descobre que encontrar uma parceira adequada é um processo bastante difícil. 5ª, às 14h30: Os 39 degraus (Inglaterra, 1935. p&b. 1h26.35mm. Livre). Com Robert Donat, Madeleine Carroll, Lucie Mannheim. Richard Hannay é um jovem canadense em visita a Londres e acaba se envolvendo com Annabella Smith, que está fugindo de espiões. Ele aceita escondê-la em seu apartamento, e a moça acaba morta no decorrer da noite. Temendo ser acusado do crime, ele foge para a Escócia para tentar descobrir os segredos que envolvem o ssassinato da jovem. 5ª, às 17h:  O mistério do nº 17 (Inglaterra, 1932. p&b. 1h03. 35mm. 12 anos).  Com Leon M. Lion, Anne Grey, John Stuart. Um detetive persegue uma gangue de ladrões que roubou uma valiosa joia.  5ª, às 19h30: O homem errado (EUA, 1956. p&b. 1h45.  35mm. 16 anos). Com Henry Fonda, Vera Miles, Anthony Quayle. Manny Balestrero é um honesto e dedicado músico do Stork Club de Nova York. Quando sua esposa Rose precisa de dinheiro para um tratamento médico, Manny procura um escritório para fazer um empréstimo. Porém os empregados do lugar o confudem com um ladão e chamam a polícia. Baseado na história real de Manny Balestrero, o filme narra o que aconteceu com ele e sua família. Centro Cultural Banco do Brasil, Rua Primeiro de Março, 66, Centro (3808-2020). Cinemas 1 (102 pessoas) e 2 (50 pessoas). Cinepasse: R$ 10 e R$ 5 (meia). Válido por 30 dias, para acesso às mostras de cinema (Cinemas 1 e 2), por meio de senhas, e à videoteca, por meio de agendamento.  As senhas deverão ser retiradas 1h antes de cada sessão. Até 14 de julho. 

RIO FESTIVAL DE CINEMA GAY / ODEON PETROBRAS- O festival reúne seis longas e 35 curta metragens voltados para a temática da diversidade sexual. 2ª, às 20h: Competição de Curta 5. 2ª, às 22h: Competição de Curta 4.  3ª, às 20h: Competição de Curta 3. 3ª, às 22h: Como esquecer, de Malu Martino. Com apresentação da equipe do filme (Brasil, 2009. 1h40). Júlia, 35 anos, é uma professora de literatura inglesa, que luta para vencer a depressão e reconstruir sua vida depois de viver uma intensa e duradoura relação amorosa com a enigmática Antônia. 4ª, às 20h: Competição de Curta 2. 4ª, às 22h: Bloomington, de Fernanda Cardoso (EUA, 2010. 1h23). Drama adolescente sobre uma ex-atriz mirim que decide cursar uma faculdade e acaba se envolvendo romanticamente com uma professora. O relacionamento delas se desenvolve até que uma oportunidade para voltar a atuar, força-a a tomar decisões para mudar de vida. 5ª, às 20h: Competição de Curta 1. 5ª, às 22h:  Die Schwestern, de  Sigrid Smejkal (Áustria, EUA, Alemanha e Uruguai, 2010. 1h10). Com o surgimento de homens barbudos com trajes de freiras, recolhendo dinheiro para os membros necessitados da comunidade gay, a história do "Sisters of Perpetual Indulgence" começou em São Francisco, na Páscoa de 1979. Desde então, as irmãs criaram uma ampla rede de apóio às organizações gays, lésbicas e transgêneros, bem como os projetos de prevenção a Aids. Odeon Petrobras,  Praça Mahatma Ghandi, 2, Centro (2240-1093). R$ 12 e R$ 6 (meia). 18 anos. Até 10 de julho. 

RIO FESTIVAL DE CINEMA GAY / CENTRO CULTURAL JUSTIÇA FEDERAL - O festival reúne seis longas e 35 curta metragens voltados para a temática da diversidade sexual.  4ª, às 16h: Competição de Curta 4. 4ª, às 18h: Competição de Curta 5. 5ª, às 16hComo esquecer, de Malu Martino. Com apresentação da equipe do filme (Brasil, 2009. 1h40). Júlia, 35 anos, é uma professora de literatura inglesa, que luta para vencer a depressão e reconstruir sua vida depois de viver uma intensa e duradoura relação amorosa com a enigmática Antônia. 5ª, às 18h: Competição de Curtas 6. Centro Cultural Justiça Federal,  Av. Rio Branco, 241, Centro. R$ 10 e R$ 5 (meia). 18 anos. Até 10 de julho.  

SESSÃO ABRACI –  Nesta quinta (07/07), uma pequena retrospectiva dedicada à Norma Bengell, destacando o seu trabalho como atriz e também como diretora de cinema. Revelada em 1959 em O homem do Sputinik, Norma Bengell foi dirigida por alguns dos mais importantes diretores da história do cinema brasileiro como: Roberto Farias, Paulo Cesar Saraceni, Walter Hugo Khouri, Anselmo Duarte, Ana Carolina, entre outros. Programação: 14h: Mar de rosas, de Ana Carolina Teixeira Soares (Brasil, 1980. 1h39). 16h e 20h: Eternamente Pagu, de Norma Bengell (Brasil, 1987. 1h40). 18h: A casa assassinada, de Paulo César Saraceni (Brasil, 1974. 1h43). Instituto Moreira Salles, Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea (3284-7400). Cap.: 113 pessoas. 4ª, às 19h. R$ 10 e R$ 5 (meia entrada). Estacionamento gratuito no local.  

O UNIVERSO DE MIYAZAKI, OTOMO E KON  -  A mostra traz o trabalho dos diretores  Hayao Miyazaki, Katsuhiro Otomo e Satoshi Kon no desenvolvimento e refinamento artístico da animação japonesa. CINEMA 1: 3ª, as 15h: O castelo animado, de Hayao Miyazaki (Japão, 2004, 1h59. dublado. Livre). A jovem Sophie é aprisionada no corpo de uma anciã devido à maldição de uma bruxa. Impossibilitada de falar sobre a sua sina, encontra em seu caminho um mágico que habita um castelo que caminha sobre suas próprias pernas. 3ª, às 19h: Memories, de  Katsuhiro Otomo (Japão, 1995. 1h53. legendado. 16 anos). Filme de episódios, formado por três historias baseadas em quadrinhos de Katsuhiro Otomo. "Magnetic Rose" é sobre dois viajantes espaciais que, seguindo um sinal, acabam sendo levados para um mundo magnífico criado pelas memórias de uma mulher. Em "Stink Bomb", um jovem químico acidentalmente se transforma em uma arma biológica implacável pronta para atingir Tóquio. E em "Cannon Fodder" vemos um dia da vida de uma cidade que tem como único propósito disparar canhões em inimigos desconhecidos. CINEMA 2: 3ª, às 17h30: O túmulo dos vagalumes, de Isao Takahata (Japão, 1988. 1h29. legendado. 14 anos). Durante segunda guerra, com o Japão assolado pela caos e a destruição, dois irmãos, Seita e Setsuko, se vêem sozinhos no mundo. Agora os dois tentam sobreviver em meio à fome, às doenças e à escassez de generosidade. 3ª, às 19h30: Naushika do vale dos ventos, de Hayao Miyazaki (Japão, 1984. 1h57. legendado. 14 anos). Após os 7 Dias de Fogo, o mundo se tornou um lugar inóspito, com a humanidade em frangalhos e os ecossistemas poluídos e tóxicos. Naushika, a princesa do Vale dos Ventos, agora tenta compreender o que está acontecendo com a natureza e salvar a humanidade da própria belicosidade. CINEMA 1: 4ª, às 15h: As aventuras de Panda e seus amigos. Roteiro de Hayao Miyazaki. Direção de Isao Takahatade (Japão, 1972/73. 1h15. dublado. Livre. Mimiko ficou em casa sozinha e descobre que agora tem uma família insólita: um panda que ela chama de Papai e outro que a chama de Mãe. Este filme de episódios conta com duas histórias. A primeira é sobre as confusões criadas na escola pelos pandas e o segundo é sobre o encontro com Tiny, o tigre de circo. 4ª, às 19h:  Ponyo – Uma amizade que veio do mar, de Hayao Miyazaki (Japão, 2008. 1h41. dublado. Livre). Sosuke encontra um peixinho preso em um pote de vidro. Porém o seu peixinho é filha de um feiticeiro marinho e agora deseja se tornar humana a qualquer custo. CINEMA 2: 4ª, às 17h: Atriz milenar, de Satoshi Kon (Japão, 2001. 1h27. legendado. 14 anos). Ao descobrirem que um estúdio de cinema falido será demolido, dois repórteres resolvem fazer um documentário sobre a sua maior estrela, a senhora Fujiwara Chiyoko. A entrevista se torna uma viagem pela historia do cinema japonês com a interferência de uma chave com o poder de misturar realidade e fantasia. 4ª, às 19h: A princesa Mononoke, de Hayao Miyazaki (Japão, 1997. 2h14. legendado. 14 anos). O guerreiro Ashitaka é atacado por um demônio que acaba o infectando com uma maldição. Assim, ele viaja para as terras de um outro clã para compreender o mal que lhe aflige e, nestas terras, se depara com a luta entre humanos e os deuses da floresta, e a princesa Mononoke, que fora criada por lobos. CINEMA 1: 5ª, às 15h: Ponyo – Uma amizade que veio do mar, de Hayao Miyazaki (Japão, 2008. 1h41. dublado. Livre). Sosuke encontra um peixinho preso em um pote de vidro. Porém o seu peixinho é filha de um feiticeiro marinho e agora deseja se tornar humana a qualquer custo. 5ª, às 19h: Akira, de Katsuhiro Otomo (Japão, 1988. 2h04, 14 anos. legendado). Em uma Tóquio futurista e decadente dominada por gangues de motoqueiros, um deles demonstra sinais de poderes psíquicos. Raptado por uma organização governamental para fins de pesquisa, Tetsuo se torna extremamente perigoso para os que possuem poderes parecidos com os dele e para toda a Neo-Tokio. CINEMA 2: 5ª, às 17h: Lupin III: O castelo de Cagliostro, de Hayao Miyazaki (Japão, 1979. 1h50. dublado. 10 anos). O elegante ladrão Lupin III volta suas atenções para o tesouro escondido no castelo de Cagliostro, porém descobre que a bela Clarisse está sendo forçada a se casar com o dono do castelo. Com ajuda de seus amigos,  Lupin tenta salvar Clarisse e resolver o mistério do castelo. 5ª, às 19h30: A viagem de Chihiro, de Hayao Miyazaki (Japão, 2001. 2h05. dublado Livre). Durante a mudança para uma nova casa, Chihiro vê os seus pais transformados em porcos, e é transportada para um mundo surreal e assustador. Colocada para trabalhar na casa de banhos para deuses da bruxa Yubaba, agora Chihiro luta para não esquecer o próprio nome e voltar para o mundo real.  Caixa Cultural, Av. Almirante Barroso, 25, Centro (2544-4080). Cinemas 1 e 2: 85 pessoas, cada sala.  R$ 2 e R$ 1 (meia). Acesso para portadores de necessidades especiais. Até 10 de julho.

Tags: festival, mostras de cinema, sessões extras

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.