Jornal do Brasil

Sábado, 18 de Agosto de 2018 Fundado em 1891

Esportes - Pan-Americano 2011

Bicampeã, Juliana destaca superação e não fala em Londres 2012

Jornal do Brasil Renato Pazikas

Uma vitória emocionante, com cara de Brasil. Foi essa a definição que Juliana encontrou para analisar o triunfo ao lado da parceira Larissa na decisão do vôlei de praia dos Jogos Pan-Americanos. Elas salvaram match points e venceram um tie-break emocionante por 22 a 20 diante das mexicanas Mayra Garcia e Bibiana Candelas.

A vitória por 2 sets a 1 em Puerto Vallarta garantiu o bicampeonato para a dupla, que também havia conquistado a medalha de ouro no Rio-2007. "Veio o filme de dez anos jogando juntas. A gente é assim, não desiste, briga pra ganhar, tem força e gana. Hoje foi assim, com superação conseguimos a vitória", afirmou a capitã Juliana.

Além de encarar as mexicanas, as brasileiras tiveram que jogar sob um sol de 34 graus e enfrentar a pressão da torcida local, que lotou a arena pan-americana. "As três coisas foram complicadas. O sol, a torcida e a Bibi (Bibiana Candelas) que estava com 2,20m hoje", disse Juliana, brincando com os 1,96m da mexicana.

Agora, a dupla brasileira volta ao país, disputa etapa do circuito nacional e ano que vem tenta o heptacampeonato do circuito mundial. Depois, disputa os Jogos Olímpicos de Londres. "Ainda não estou pensando nisso. Até lá, prefiro pensar no circuito e não falar sobre isso", completou Juliana.

Em Pequim-2008, a parceria não teve a oportunidade de brigar por uma medalha, já que Juliana se lesionou dias antes da competição. Larissa atuou ao lado de Ana Paula e a dupla brasileira caiu nas quartas-de-final.

Portal Terra


Tags: brasil, feminino, guadalajara, jogos, juliana, pan-americanos, volei

Compartilhe: