Jornal do Brasil

Terça-feira, 14 de Agosto de 2018 Fundado em 1891

País

Marun: governo começará a aplicar multa de R$ 100 mil por hora parada

Jornal do Brasil

O ministros Carlos Marun, da Secretaria de Governo da Presidência da República, informou hoje (26) que o governo começará a aplicar multas no valor de R$ 100 mil por hora parada a quem descumprir o acordo firmado para desbloqueio das rodovias. Acrescentou que a Polícia Federal já tem inquéritos abertos para investigar a origem do movimento e que já existem até mesmo pedidos de prisão.

Marun concedeu entrevista após reunião, no Palácio do Planalto, com o presidente Michel Temer e ministros que integram o gabinete de crise, para avaliar a situação nas rodovias federais.

O ministro-chefe da Secretaria de Governo da Presidência afirmou que alguns inquéritos abertos trouxeram bases sólidas para pedidos de prisão. Ele apelou para que os manifestantes cessem o movimento em nome da população. "Retomem suas atividades", pediu.

Carlos Marun concedeu entrevista no início da tarde deste sábado (26) para falar sobre greve

Marun sinalizou que o governo federal trabalha com a hipótese de contratar temporários para manter a produção nacional. Acrescentou, porém, que o objetivo é que todos retornem ao trabalho.

>> Novo balanço dos bloqueios deve ser apresentado após reunião comandada por Temer

>> Empresas de ônibus de Duque de Caxias e Magé enfrentam dificuldades

>> Novo balanço dos bloqueios deve ser apresentado após reunião comandada por Temer

O ministro reiterou que "o diálogo não está interrompido". Segundo ele, mais avanços dependem de tempo para buscar soluções e alternativas. Ao ser questionado sobre a existência de uma minoria radical, Marun disse que vários trabalhadores foram constrangidos para que não retornassem ao trabalho.

Agência Brasil


Tags: caminhoneiros, crise, governo, marun, país

Compartilhe: