Jornal do Brasil

Sábado, 18 de Agosto de 2018 Fundado em 1891

País

Eduardo Azeredo é considerado foragido, diz Polícia Civil

Apesar da prisão do ex-governador tucano ter sido decretada, ele ainda não se apresentou

Jornal do Brasil

A Polícia Civil informou nesta quarta-feira (23) que o ex-senador e ex-governador de Minas Gerais Eduardo Azeredo (PSDB) é considerado foragido. Na terça-feira (22), um mandado de prisão foi expedido pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais, após desembargadores terem rejeitado recurso em seu processo. Contudo, a polícia não sabe o seu paradeiro e não consegue contato com seus advogados.

Desde a expedição do mandado, Azeredo poderia ter se entregado em qualquer delegacia do estado.

 O ex-governador completa 70 anos em setembro. Nessa idade está prevista a prescrição da pena, que leva em consideração datas como a da apresentação da denúncia. A condenação de Azeredo a 20 anos e um mês de cadeia é por peculato e lavagem de dinheiro, no processo conhecido como mensalão tucano.

Paradeiro de Azeredo é desconhecido

Segundo denúncia do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), Azeredo foi um dos principais articuladores do esquema, que, ainda conforme a promotoria, funcionava retirando recursos de estatais como o Banco do Estado de Minas Gerais (Bemge) e a Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa), e os repassava para a campanha pela reeleição de Azeredo, em 1998. Na disputa, o tucano foi derrotado por Itamar Franco. O esquema, segundo o MP, utilizava agências de publicidade de Marcos Valério para a movimentação dos recursos.

Prisão

Em Belo Horizonte não há penitenciárias para homens. As condenações são cumpridas em penitenciárias de Ribeirão das Neves e Contagem. Há porém, um centro de triagem, no bairro Gameleira, região oeste da cidade, para onde normalmente seguem os presos antes de serem encaminhados para uma penitenciária.



Tags: azeredo, gerais, justiça, minas, prisão, psdb, tucano

Compartilhe: