Jornal do Brasil

Segunda-feira, 21 de Maio de 2018 Fundado em 1891

País

Dois PMs são mortos em menos de 24 horas e Rio já soma 50 vítimas em 2018

Jornal do Brasil

Dois policiais militares foram mortos no Estado do Rio de Janeiro em menos de 24 horas, entre a manhã e a noite de quarta-feira, 16. Com eles já são 50 os policiais militares mortos no Estado do Rio em 2018. Por volta das 7h de quarta, o sargento Robert Nogueira de Almeida, de 42 anos, trafegava com sua moto Honda CG 125 pela Rua Souto, em Cascadura (zona norte), quando foi abordado por bandidos em outra moto.

O policial foi executado com vários disparos e a moto não foi levada. Segundo a Polícia Civil, os criminosos descobriram que a vítima era policial e por isso atiraram. O sargento, que era dono de um depósito de gelo e bebidas na região, não estava armado.

Por volta das 22h40, o cabo Rafael Silva Estevão, de 34 anos, foi morto durante uma tentativa de assalto na Rua Dezenove de Fevereiro, em Botafogo, Zona Sul do Rio. Ele saía de seu carro quando foi surpreendido pelos criminosos. O PM tentou se desvencilhar, mas foi baleado no tórax e morreu no local. Os ladrões fugiram sem roubar nada.

Policiais do 2º Batalhão (Botafogo) receberam a denúncia de que havia um homem baleado nessa rua e, ao chegarem ao local, encontraram o cabo já morto. A Delegacia de Homicídios (DH) da capital investiga o caso, mas até a tarde desta quinta-feira, 17, não havia identificado os autores do homicídio. A vítima ingressou na PM em 2002 e atuava no Centro de Controle Operacional da Polícia Militar (Cecopom).



Compartilhe: