Jornal do Brasil

Domingo, 27 de Maio de 2018 Fundado em 1891

País

Em carta ao PT, Lula diz estar feliz com pesquisa e querer liberdade

Petista afirmou na missiva que luta continua

Jornal do Brasil

A presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann (PR), leu nesta segunda-feira (23), uma carta enviada pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva aos membros do Diretório Nacional do partido, cujo núcleo está reunido em Curitiba.

No conteúdo da carta, Lula afirma que 2018 é importante para o partido, para a esquerda e para a democracia. "Para mim, quero minha liberdade".

A carta foi reproduzida parcialmente na página do ex-ministro Alexandre Padilha. No trecho divulgado, Lula se disse feliz com o resultado das pesquisas de opinião, que o mantém na frente na corrida presidencial.

>> Para Aldo Rebelo, Lula continua sendo o candidato do PT apesar dos obstáculos

Ex-presidente Lula escreveu carta direcionada aos membros do Diretório Nacional do PT

"Tem insinuações de que se não for candidato, se não tiver holofote e de que se não falar contra a condenação, será mais fácil a votação a meu favor. A Suprema Corte não tem que me absolver porque sou candidato, porque vou ficar bonzinho. Tem que votar porque sou inocente". Lula concluiu a missiva afirmando que "a luta continua".



Tags: datafolha, eleições, lula, operação lava jato, pt, stf

Compartilhe: