Jornal do Brasil

Domingo, 25 de Fevereiro de 2018 Fundado em 1891

País

Com 160 eventos programados, carnaval de Brasília terá apoio de 5 mil policiais

Agência Brasil

Com cerca de 160 eventos carnavalescos em todo o Distrito Federal (DF), a Polícia Militar (PMDF) destacou mais de 5 mil policiais para garantirem a segurança do público entre sábado (10) e Quarta-Feira de Cinzas (14). De acordo com a corporação, o efetivo estará nas ruas com força máxima durante as festividades.

De acordo com o chefe do Departamento de Operações da Polícia Militar, coronel Marcilon Back, sabendo que o número de foliões tem aumentado a cada ano, o esquema de segurança para o carnaval deste ano contou com reforço.

Em todos os dias de festa serão utilizadas viaturas, policiamento a pé, equipes do Policiamento Ostensivo Especializado de Choque, Batalhão de Choque, Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas, cavalaria, policiamento aéreo, policiamento de trânsito e de motocicletas.

Em média serão mil policiais por dia, porém nos dias que contam com expectativa de público maior, como domingo (11) e terça-feira (13), o efetivo nas ruas deverá ultrapassar essa média. “No ano passado nós tivemos uma média de 4 mil policiais”, disse o coronel Back.

A estimativa do governo local é de que no domingo, com 33 eventos previstos, Brasília reúna 546 mil foliões nas ruas para pular carnaval. Já na terça, com 23 eventos, o número estimado de pessoas nas ruas é de cerca de 501 mil.

Identificação de crianças

A Polícia Militar também está promovendo campanha para a identificação da crianças durante o período do Carnaval. A identificação, por meio de carteirinhas ou pulseirinhas, pode ser pelo site da PMDF de forma gratuita.

De acordo com o Major Michello Oliveira, porta voz do Centro de Comunicação Social da PM, a necessidade de  identificação dos pequenos foliões surgiu porque a corporação tinha dificuldade em localizar os pais, quando as crianças se perdiam:  “A criança não conseguia falar o endereço nem o telefone e isso dificultava a ação da PM”, disse ele.

Percurso

Por conta do desabamento recente de parte de um viaduto na região central de Brasília, o Eixo Rodoviário Sul terá restrição para a circulação de veículos próximo à Rodoviária.

Outra mudança, prevista desde 2017 por conta do crescimento do público nos blocos, é o novo percurso do bloco Raparigueiros, Baratona e Engenhoca. A concentração do Raparigueiros e do Baratona não será mais no Eixo Rodoviário. Neste ano, os blocos vão partir do Eixo Monumental próximo à Torre de TV. Já o Engenhoca será fixo no estacionamento do Estádio Nacional.

“No ano passado a gente já queria trazer esses blocos para o Eixo Monumental, porque os moradores [ao longo do Eixo Rodoviário] reclamavam muito”, disse o comandante do Comando de Policiamento de Trânsito (CPTran), Alexandre Souza.

De acordo com a PMDF, no domingo e na terça-feira, as vias para acesso ao eixo monumental serão fechadas a partir das 13h, sendo necessário que as pessoas façam outros trajetos.

Tags: blocos, brasil, brasília, carnaval, cultura, policiais, segurança

Compartilhe: