Jornal do Brasil

Domingo, 22 de Abril de 2018 Fundado em 1891

País

Temer passa por pequena cirurgia em São Paulo

Jornal do Brasil

O presidente Michel Temer foi submetido a uma intervenção cirúrgica de pequeno porte - uretrotomia interna -, realizada sem intercorrências, na tarde desta quarta-feira (13), no Hospital Sírio-Libanês, na capital paulista.

Ele foi internado no início da tarde com um quadro de dificuldade urinária e diagnóstico de estreitamento uretral, segundo boletim médico.

De acordo com o hospital, o tempo de recuperação é de até 48 horas. O presidente está sendo acompanhado pelas equipes médicas coordenadas por Roberto Kalil Filho e Miguel Srougi.

A agenda de Temer prevista para hoje à tarde foi cancelada. Pela manhã, Temer recebeu parlamentares e prefeitos para tratar da reforma da Previdência.

Temer foi internado com um quadro de dificuldade urinária e diagnóstico de estreitamento uretral

Cirurgia

Temer foi submetido em outubro a uma ressecção da próstata, cirurgia urológica para desobstrução do canal uretal. O presidente foi internado no Sírio-Libanês com quadro de retenção urinária por hiperplasia benigna da próstata. O problema havia sido descoberto no dia da votação da segunda denúncia contra ele na Câmara dos Deputados, quando o presidente foi internado no Hospital do Exército após sentir-se mal e foi constatada a obstrução urológica.

Ainda em Brasília, o presidente foi submetido a uma sondagem vesical, que consiste na introdução de um cateter através da uretra até a bexiga, com o objetivo de drenar a urina.

Agência Brasil



Tags: brasil, cirurgia, política, presidente, saúde, sírio-libanês, urologia

Compartilhe: