Jornal do Brasil

Terça-feira, 24 de Abril de 2018 Fundado em 1891

País

STF começa a julgar denúncia contra o senador Benedito de Lira e seu filho

Jornal do Brasil

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) começou a julgar hoje (12) a denúncia protocolada pela Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o senador Benedito de Lira (PP-AL) e seu filho, o deputado federal Arthur Lira (PP-AL), por corrupção e lavagem de dinheiro.

Na sessão desta tarde, somente o relator, ministro Edson Fachin, apresentou voto. Ele deu parecer pelo recebimento de denúncia, fato que pode transformar os dois acusados em réus na Operação Lava Jato. Após a manifestação de Fachin, Dias Toffoli vista de denúncia e disse que deve devolver o caso para julgamento na próxima semana.

Na denúncia, protocolada pelo ex-procurador Rodrigo Janot, pai e filho são acusados de crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro pelo suposto recebimento de propina no valor de R$ 2,6 milhões, nos anos de 2010 e 2011, por meio de doações oficiais e dinheiro em espécie.

Segundo Janot, eles participaram de esquema de corrupção e lavagem de dinheiro relacionado à Diretoria de Abastecimento da Petrobras, na época chefiada por Paulo Roberto Costa, a partir de indicação política do Partido Progressista (PP).

Durante o julgamento, a defesa de Arthur Lira afirmou o parlamentar não participou da nomeação ou atuou para manter Paulo Roberto Costa na Petrobras. Sobre os valores, o defensor afirmou que as doações foram feitas de forma oficial e registradas na Justiça Eleitoral.

A defesa de Benedito de Lira disse que Paulo Roberto reconheceu em seu depoimento de delação que não conhecia o senador. O advogado também afirmou que o parlamentar não participava do grupo político que comandava o partido à época dos fatos.

Agência Brasil


Tags: arthur, benedito, de, jato, julgamento, lava, lira, no, petrobras, stf, supremo

Compartilhe: