Jornal do Brasil

Terça-feira, 23 de Janeiro de 2018 Fundado em 1891

País

Governador Fernando Pimentel entrega Medalha dos Gerais em Matias Cardoso

Jornal do Brasil

O governador Fernando Pimentel presidiu na última sexta-feira (8) a solenidade de entrega da "Medalha dos Gerais - Maria da Cruz e Matias Cardoso", no município de Matias Cardoso, no Território Norte. Foram agraciadas com a comenda 21 personalidades que contribuíram para o desenvolvimento cultural e econômico no Norte do Estado. O governador ainda anunciou investimentos na área da saúde e infraestrutura da região.

Fernando Pimentel destacou em seu discurso a importância da região para o Estado e a característica acolhedora e trabalhadora do povo do Norte de Minas. “Sou governador das Minas e das Gerais. Faço questão de compartilhar essa alegria aqui com vocês”, disse. O governador também destacou a importância do trabalho realizado no Estado para alcançar os avanços necessários, apesar de todas as dificuldades enfrentadas.

“Ainda assim, apesar das dificuldades, nós estamos conseguindo avançar mais e melhor que a maioria dos estados do país. Isso não é vantagem do governo, isso se deve ao trabalho dos mineiros e das mineiras, que têm a vocação para o trabalho. Vamos continuar enfrentando as dificuldades com solidariedade entre nós, com tolerância, com paciência, sem discriminação, buscando contemplar a todos, mas especialmente aqueles que mais precisam. O governo tem que se dedicar aos pobres, aos necessitados, sem se esquecer de todos, mas principalmente àqueles que precisam mais, às regiões que são menos assistidas. E assim nós vamos vencendo”, afirmou.

Durante o evento, o governador assinou dois despachos governamentais com ações específicas para a região. O primeiro prevê a instalação de Companhia Especial de Operações Aéreas pelo Corpo de Bombeiros em Montes Claros. Já o segundo determina a doação de maquinários herdados da extinta Ruralminas para o Consórcio Intermunicipal Multifinalitário da área mineira da Sudene.

“Nós continuamos trabalhando para trazer boas notícias. E aqui já temos algumas. Vamos ter um helicóptero em Montes Claros para prestar os serviços. Ele é administrado pelo Corpo de Bombeiros, mas ele presta serviço para o Samu, de saúde, que vai tornar mais segura a situação do Norte de Minas”, destacou Fernando Pimentel. 

No dia 8 de dezembro é comemorado o Dia das Gerais, quando a capital do Estado é simbolicamente transferida de Belo Horizonte para Matias Cardoso, considerada uma das primeiras cidades do Estado.

 

Luto

Durante a solenidade, o governador prestou homenagem ao cabo Lucas Reis Rosa, da Polícia Militar, que faleceu em decorrência dos ferimentos causados durante operação de enfrentamento a assalto de caixas eletrônicos em Pompéu, no início da semana.

“Nós estamos enfrentando uma situação séria na segurança pública no Brasil inteiro. Esses assaltos a bancos, a caixas eletrônicos, com armamento pesado, nós estamos fazendo o possível para enfrentar. O armamento pesado que esses bandidos têm entram pelas fronteiras do país, que estão desguarnecidas. Eu, como governador, em nome do povo mineiro, presto a minha homenagem, o meu tributo a esses guerreiros que combatem e a aqueles que estão permanentemente com orgulho envergando a farda, enfrentando essa questão da segurança pública”, afirmou.

 

Desenvolvimento

O prefeito de Betim, no Território Metropolitano, e orador oficial da cerimônia, Vittorio Medioli, valorizou a história do município e também defendeu ações para o desenvolvimento do Norte de Minas. “A história de Minas Gerais nasceu aqui, na beira do Rio São Francisco, com toda a pujança que tem essa região. O Norte de Minas precisa reagir e se manter uma região sustentável e próspera para as pessoas”, afirmou.

O prefeito de Matias Cardoso, Edmárcio Leal, ressaltou a importância da presença do governador no município, que reforça a presença do Estado na região. “É uma honra sabermos que somos reconhecidos, transferindo, inclusive, a capital do Estado para Matias Cardoso” disse. O chefe do executivo municipal lembrou, ainda, o esforço do governo estadual para o desenvolvimento da região. “Estamos buscando melhorias para a integralização do Norte de Minas, para o nosso agronegócio. Estamos trabalhando para que as diferenças sociais do Norte de Minas sejam reduzidas”, afirmou.

 

A Medalha

A Medalha Maria da Cruz é entregue a personalidades femininas e a Medalha Matias Cardoso a personalidades masculinas, como reconhecimento cívico do Governo do Estado aos que contribuíram para o desenvolvimento cultural, econômico e social da região.

Criada pelo Decreto nº 45.649, de 18 de julho de 2011, a comenda resgata história e tradições culturais que ajudaram na integração territorial do Estado. Em 1673, o capitão e mestre de campo Matias Cardoso de Almeida partiu de São Paulo com 125 homens, organizando lugares de pouso e plantações para suprir a bandeira de Fernão Dias. Em sua expedição, foi o responsável por fundar as comunidades de Morrinhos, Amparo, São Romão e Porto de Salgados – hoje, cidade de Januária.

Dona Maria da Cruz, por sua vez, que dá nome a uma das medalhas, era casada com Salvador Cardoso de Oliveira, sobrinho de Matias Cardoso de Almeida. Ela administrava a fazenda Pedras de Baixo, cuja casa grande era um orfanato. Empregava os jovens, sustentava e cuidava dos enfermos e inválidos e provia educação de crianças e adolescentes, pagando os mestres de leitura, música e ofício. Pelo prestígio que desfrutavam nos altos sertões do São Francisco e Rio Verde, ela e o filho, Pedro Cardoso de Oliveira, foram considerados os líderes da revolta contra a cobrança dos quintos atrasados feita pelo governador Martinho Mendonça.

Também participaram da solenidade o secretário de Estado de Governo, Odair Cunha; o comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Cláudio Roberto de Souza; a deputada federal Raquel Muniz; os deputados estaduais Jean Freire, Tadeu Martins Leite e Paulo Guedes; além de prefeitos, vereadores e lideranças políticas e sociais da região.

Tags: brasil, gerais, mg, minas, país

Compartilhe: