Jornal do Brasil

Quinta-feira, 23 de Novembro de 2017

País

Operação da PF prende ex-gerente da Petrobras

Jornal do Brasil

Operação da Polícia Federal cumpre, nesta sexta-feira (20), mandados judiciais em investigação que apura pagamento de vantagens indevidas a executivos da Petrobras através da Odebrecht. Os mandados são cumpridos no Rio de Janeiro e no Recife. As investigações são um desdobramento da Lava Jato.

O ex-gerente da área internacional da Petrobras Luiz Carlos Moreira da Silva foi preso preventivamente, acusado de tentar destruir provas. Ele é investigado por suposto recebimento de vantagem indevida na aquisição pela Petrobras da Refinaria de Pasadena. 

Um mandado de prisão temporária foi expedido contra o engenheiro Djalma Rodrigues de Souza, mas ele ainda não foi preso, já que passa por uma cirurgia. Um mandado de busca a apreensão na residência de Djalma, na Praia de Boa Viagem, no Recife, foi cumprido.

As investigações apontam indícios de que um grupo de gerentes da Petrobras se uniu para beneficiar a Odebrecht em contratações com a petroleira, mediante o pagamento de valores de forma dissimulada em contas de empresas off-shores estabelecidas no exterior. Os crimes investigados na operação são associação criminosa, corrupção e lavagem de dinheiro.

>> Na Lava Jato, Moro condena ex-gerente da Petrobras e lobistas ligados a PMDB

Operação da PF prende ex-gerente da Petrobras
Operação da PF prende ex-gerente da Petrobras

Tags: desvio, dinheiro, investigação, petrobras, polícia

Compartilhe: