Jornal do Brasil

Sexta-feira, 17 de Novembro de 2017

País

Câmara divulga telefone pessoal de Temer na internet

Poucas horas depois o presidente alterou o número do celular

Agência ANSA

A Câmara dos Deputados divulgou nesta segunda-feira (17) o número do telefone celular pessoal do presidente Michel Temer. A informação estava registrada no aparelho iPhone do ex-ministro da Seretaria de Governo da Presidência Geddel Vieira Lima, apreendido pela Polícia Federal na operação Lava Jato.

O número faz parte do material com centenas de documentos e vídeos de delatores da Lava Jato e foi enviado à Câmara, que vai analisar a segunda denúncia da Procuradoria Geral da República (PGR). Na tarde de ontem (16), o jornal "O Globo" ligou para o mandatário e conversou diretamente com ele. A ligação foi feita a um dos dois números tornados públicos. Temer atendeu o telefone às 16h36. Logo depois que a reportagem foi veículada, no início da noite, o pesidente trocou de número.

De acordo com o Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência, Temer recebeu um telefone criptografado, onde as mensagens são cifradas para evitar eventuais interceptações ou espionagem. Além do telefone de Michel Temer, foram divulgados os contatos do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes; dos ministros do governo Antonio Imbassahy (Secretaria de Governo da Presidência), Bruno Araújo (Cidades), Eliseu Padilha (Casa Civil), Gilberto Kassab (Ciência), Henrique Meirelles (Fazenda), Marx Beltrão (Turismo), Mendonça Filho (Educação), Moreira Franco (Secretaria-Geral da Presidência) e Ricardo Barros (Saúde); do governador do Rio, Luiz Fernando Pezão (PMDB); dos senadores Aécio Neves (PSDB-MG), Ciro Nogueira (PP-PI), Fernando Bezerra Coelho (PMDB-PE), Gleisi Hoffmann (PT-PR) e Romero Jucá (PMDB-RR); do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ); do prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM); do ministro do TCU Bruno Dantas e de outros sete deputados. As informações podem ser acessadas por qualquer cidadão. Os números estão no site da Câmara.

Denúncia contra Temer - Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara iniciou nesta terça-feira, 17, a fase de debates sobre a segunda denúncia contra o presidente, acusado de organização criminosa e obstrução da Justiça. 

Tags: agencia, ansa, brasil, país, temer

Compartilhe: