Jornal do Brasil

Sexta-feira, 20 de Julho de 2018 Fundado em 1891

País

Tucanos querem que Aécio saia definitivamente da presidência do PSDB

Jornal do Brasil

Dirigentes e parlamentares do PSDB querem cobrar a saída definitiva do senador Aécio Neves (MG) da presidência do partido, de acordo com reportagem da Folha. Para eles, o ideal é que Aécio renuncie ao cargo quando a votação sobre seu afastamento no Senado foi concluída. A votação está prevista para o dia 17. O movimento é liderado por integrantes da ala paulista do PSDB, vinculados ao governador de Geraldo Alckmin. 

A intenção seria evitar um desgaste para a sigla, que poderia afetar o cenário para 2018, principalmente após a decisão do STF de afastar o mineiro do cargo e com recolhimento noturno em casa.

Se Aécio renunciar, a direção do PSDB terá que convocar uma reunião de cúpula para eleger um novo presidente. 

Intenção é evitar desgaste para a sigla, principalmente após a decisão do STF de afastar o senador

Aécio está licenciado da presidência do PSDB desde maio, quando foi afastado do mandato pela primeira vez pelo STF. A presidência é exercida interinamente pelo senador Tasso Jereissati (CE), mas Aécio ainda teria influência sobre a sigla, principalmente com parte da bancada na Câmara dos Deputados. Tasso Jereissati tem o apoio dos principais dirigentes do PSDB e se aproximou de Alckmin, ainda segundo a reportagem do jornal paulista.

>> PSDB decide se retira Andrada da CCJ sobre denúncia contra Temer



Tags: aécio neves, candidato, corrupção, denúncias, eleições, justiça, processo, psdb

Compartilhe: