Jornal do Brasil

Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

País

Dilma homenageia o ex-marido Carlos Araújo em seu Facebook

Ex-deputado estadual do PDT morreu na madrugada deste sábado aos 79 anos

Jornal do Brasil

Em homenagem ao ex-marido Carlos Araújo, que morreu na madrugada deste sábado (12) aos 79 anos de idade, em Porto Alegre, Dilma Rousseff escreveu em sua página do Facebook que "perdeu um companheiro de vida, um bravo lutador".  

"Foi um bravo lutador no enfrentamento da ditadura militar, que não conseguiu destruir nem sua força vital, nem seu caráter, nem sua coragem", escreveu a petista, prosseguindo: "Foi um bravo lutador no esforço pela reconstrução do trabalhismo no Brasil, missão à qual ele e muitos companheiros se dedicaram". 

Dilma Rousseff e o ex-marido e ex-deputado Carlos Araújo
Dilma Rousseff e o ex-marido e ex-deputado Carlos Araújo

>> Aos 79 anos, morre ex-marido de Dilma Rousseff

O ex-deputado estadual do PDT, partido que ajudou a formar, estava internado desde o dia 25 de julho no Hospital São Francisco, Santa Casa de Misericórdia. No último dia 28, sua assessoria informou que ele havia deixado a Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). Seu quadro era considerado estável. O ex-esposo da petista sofria de cirrose medicamentosa. No entanto, as causas da morte não foram divulgadas.   

"Morreu ontem, mas viverá para sempre: em sua família, em sua companheira Ana, em seus filhos Leandro e Rodrigo, em nossa filha, Paula, em nossos netos, Gabriel e Guilherme, nos muitos amigos que fez e nos muitos admiradores que conquistou", escreveu Dilma, que reforçou que o ex-marido "amou a vida, e lutou por ela, tanto quanto lutou por uma vida melhor para todos". 

Carlos Franklin Paixão Araújo era advogado trabalhista. Ele conheceu Dilma em 1969, com quem se casou e chegou a ser preso e torturado. Em 1976, nasceu a primeira filha do casal, Ana Paula. O relacionamento com a ex-mandatária durou mais de 20 anos.    

"Aprendi com ele. E agradeço a oportunidade de tê-lo conhecido e de ter convivido tantos anos com um ser humano tão generoso, afetuoso e correto. Em qualquer circunstância, sempre pude contar com ele, com sua inteligência, com sua capacidade e com sua força", escreveu a petista, e completou dizendo que Carlos lhe fará falta, e que para 'honrá-lo', continuará "lutando por um mundo melhor, por um Brasil mais justo e pela emancipação do povo do meu país".

Tags: dilma, exdeputado, facebook, homenagem, marido, morto, politica

Compartilhe: