Jornal do Brasil

Domingo, 22 de Outubro de 2017

País

Em vídeos publicados nas redes sociais, Temer afirma que "criminosos não sairão impunes" 

Jornal do Brasil

O presidente Michel Temer divulgou vídeos nesta segunda-feira (19), pelo Twitter, pouco antes de viajar para a Rússia. Os vídeos, de pequena duração, falam de temas distintos: o momento do país, a viagem do presidente, e a a ação contra "criminosos". "Não sairão impunes e serão responsabilizados pelos atos ilícitos que praticaram".

A divulgação acontece no mesmo dia em que o presidente protocolou, na Justiça, uma queixa-crime contra o empresário da JBS, Joesley Batista que, em entrevista, afirmou que Temer era o "chefe da quadrilha mais perigosa do Brasil". 

>> Temer entra com ação contra Joesley por calúnia, difamação e injúria

>> 'Temer é o chefe da quadrilha mais perigosa do Brasil', diz Joesley Batista

>> Michel Temer diz que Joesley 'desfia mentiras em série'

>> Opinião: Joesley, atentado contra a segurança nacional

Em vídeos publicados nas redes sociais, Temer afirma que "criminosos não sairão impunes" 
Em vídeos publicados nas redes sociais, Temer afirma que "criminosos não sairão impunes" 

No vídeo, Temer não mencionou nomes, mas diz que "está claro" o roteiro usado por alguns criminosos: "apontam o dedo para outros tentando fugir da punição", segundo o presidente.

"Já está claro o roteiro que criaram para justificar seus crimes: apontam o dedo para outros tentando fugir da punição. Aviso aos criminosos que não sairão impunes. Pagarão o que devem e serão responsabilizados pelos seus ilícitos. [...] Vocês sabem que não pratico retaliações. Por tradição e formação, acredito na Justiça. Sempre respeitei a independência dos poderes. É assim que continuarei agindo. O Brasil está mais forte,  na economia e na gestão. E está mais forte porque tivemos a coragem de propor reformas necessárias e nunca alcançadas”, disse Temer.

O presidente diz também que o governo acabou com o favores que beneficiavam algumas empresas, o que, segundo Temer, desagradou criminosos que cresceram com "dinheiro público".

"Acabamos com os favores que privilegiavam apenas algumas poucas empresas. Cortamos as práticas que permitiam a criminosos crescer à sombra dos ilícitos e do dinheiro público jorrado sem limite e com juros camaradas. E muita gente não gostou disso", afirmou Temer no vídeo.

Temer lembrou de algumas medidas de sua gestão. “Trouxemos a inflação para abaixo do centro da meta depois de muitos anos de tolerância com a carestia. Os juros caíram. […] Atraímos empresas internacionais renomadas para gerir nossos aeroportos, em condições justas, realistas e que preservaram o interesse nacional. Efetivamente, estamos colocando o Brasil nos trilhos”.

Agenda internacional

O presidente inicia o vídeo falando da viagem que faz à Rússia. O presidente embarcou na tarde de hoje rumo à Europa. “Hoje, inicio viagem oficial à Rússia, onde investidores acreditam na economia brasileira, na capacidade criativa de nosso povo para gerar empregos e renda. […] Buscarei investimentos nas áreas de petróleo e gás, farei avançar negócios na agricultura, buscarei trazer novas tecnologias em setores estratégicos e ampliar nossos contatos com o mercado europeu, onde existem grandes oportunidades para vários setores produtivos de nosso país”.

Temer encerra sua fala citando as reformas trabalhista e previdenciária, que considera vital para recuperação econômica do país e tramitam no Congresso. “Reformas que combatem privilégios e regalias. Estamos modernizando nosso país. Muito ainda está por ser feito. Vamos agir. Vamos resistir. Vamos trabalhar. [...] A hora é essa. É agora. É hora de continuar a reconstruir o país e, por isso, não podemos parar um segundo”.

Tags: presidente, publicação, temer, twitter, vídeo

Compartilhe: