Jornal do Brasil

Domingo, 28 de Maio de 2017

País

Joesley afirma que Temer pedia pagamentos desde 2010

Jornal do Brasil

O empresário Joesley Batista, dono Grupo JBS, relatou em sua delação premiada como conheceu o presidente Michel Temer, e afirmou que desde 2010 vem atendendo a pedidos de pagamentos.

Os documentos foram entregues à Procuradoria-Geral da República e, em seu Anexo 9, com o título "Fatos diretamente corroborados por elementos especiais de prova Michel Temer", relata detalhes dos pagamentos.

"Em 2010, atendendo a um primeiro pedido de Temer, JB concordou em pagar 3 milhões de reais em propinas sendo, 1 milhão através de doação oficial, e 2 milhões para a empresa Pública Comunicações, através de Notas Fiscais número 149 e 155."

"Em agosto e setembro de 2010, a pedido de Temer, JB também concordou com o pagamento de uma propina de 240 mil reais à empresa Ilha Produções, NF 63, 64 e 65"

"JB esteve com Temer em múltiplas ocasiões, não menos que 20 vezes, ora nesse escritório, ora em seu escritório de advocacia, ora na residência de Temer, ora ainda no Palácio do Jaburu."

Delação de Joesley Batista sobre relação com Michel Temer
Delação de Joesley Batista sobre relação com Michel Temer

>> "Ótimo", diz Temer após Joesley falar que deu "conta de um juiz"

>> Barbosa: "Brasileiros devem reivindicar renúncia de Temer"

>> Temer diz que não renuncia: "Nada tenho a esconder"

>> Michel Temer já é alvo de sete pedidos de impeachment

Tags: delação, joesley, pagamento, presidente, Temer

Compartilhe: