Jornal do Brasil

Quinta-feira, 25 de Maio de 2017

País

Em gravação, Aécio afirma que Temer pediu retirada de ação no TSE contra chapa Dilma-Temer

Aécio também disse que a PF deveria “pedir desculpa” pela Operação Carne Fraca

Jornal do Brasil

Em conversa gravada entre o senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG) e o dono do frigorífico JBS, Joesley Batista, o tucano contou ao empresário que o presidente Michel Temer pediu a ele que retirasse a ação contra a chapa Dilma-Temer no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), após o impeachment de Dilma Rousseff (PT).

Joesley e Aécio conversavam sobre a Operação Carne Fraca, deflagrada pela Polícia Federal, e sobre a votação no TSE da cassação da chapa Dilma-Temer, proposta pelo PSDB. Nos dois casos, Aécio mencionou conversas com Temer. De acordo com a página 11 do pedido de inquérito 4483, apresentado pela Procuradoria-Geral da República (PGR), a conversa entre o senador e o presidente “revela a proximidade entre o atual chefe do Poder Executivo e o Senador”.

O inquérito foi autorizado pelo Supremo Tribunal Federal nesta quinta (18), para investigar Aécio, Temer e o deputado federal também afastado Rodrigo Rocha Loures.

>> Janot diz que Aécio e Temer tentavam impedir a Lava Jato

>> Joesley afirma que Temer pedia pagamentos desde 2010

Para Aécio, PF deveria pedir desculpa por Operação Carne Fraca
Para Aécio, PF deveria pedir desculpa por Operação Carne Fraca

Sobre a Operação Carne Fraca, por volta dos 15 minutos da conversa, Aécio afirmou “confusão fila da puta. Eu estava falando com o Trabuco (segundo o inquérito, provavelmente Trabuco se trata de Luiz Carlos Trabuco Cappi, presidente do Bradesco) hoje de manhã, fomos apertar o Michel agora, a Polícia Federal tinha que fazer uma meia (sic) culpa pública e pedir desculpa”.

Ele também mencionou a conversa com Temer sobre a ação eleitoral, relatando a Joesley: “A Dilma caiu, a ação continuou, e ele (Temer, segundo o inquérito) quer que eu retire a ação, cara, só que se eu retirar, e não estou nem aí - eu não vou perder nada - o Janot assume, o Ministério Público assume essa merda”, afirmou Aécio.

Tags: ação, Aécio Neves, chapa dilma-temer, pedido, PF, Temer

Compartilhe: