Jornal do Brasil

Quarta-feira, 20 de Setembro de 2017

País

Citado por dono da JBS, deputado Rocha Loures chega ao Brasil

Jornal do Brasil*

O deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) chegou cedo nesta sexta-feira (19) ao Brasil. Ele desembarcou no Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo, por volta das 6h10, vindo de Nova York. Loures foi citado em delação premiada do empresário Joesley Batista, dono da JBS, homologada pelo Supremo Tribunal Federal.

Loures estava em Nova York para acompanhar o evento Person of The Year, no qual o prefeito de São Paulo João Doria foi premiado. 

Loures foi o primeiro a desembarcar, com o auxílio da equipe da empresa aérea, de acordo com relatos de outros passageiros. Recebido aos gritos de "ladrão" e "bandido" por manifestantes que o esperavam desde o começo da manhã, ele foi o último a chegar à área de desembarque e deixou o aeroporto em um táxi, sem gravar entrevista.

Rocha Loures é suplente de Osmar Serraglio, que deixou a Câmara para assumir o Ministério da Justiça
Rocha Loures é suplente de Osmar Serraglio, que deixou a Câmara para assumir o Ministério da Justiça

Rocha Loures é suplente de Osmar Serraglio (PMDB-PR), que deixou a Câmara dos Deputados para assumir o Ministério da Justiça do governo Temer. Até março deste ano, ele trabalhava como assessor especial da Presidência da República.

De acordo com matéria publicada pelo jornal O Globo na quarta-feira (17), em encontro gravado em áudio pelo empresário, Michel Temer teria indicado o deputado como interlocutor para solucionar um problema da JBS. Posteriormente, Rocha Loures teria sido filmado recebendo R$ 500 mil enviados por Joesley.

>> "Ótimo", diz Temer após Joesley falar que deu "conta de um juiz"

>> Joesley afirma que Michel Temer pedia pagamentos desde 2010

Da Agência Brasil

Tags: Temer, jbs, joesley gravação, presidente, silêncio

Compartilhe: