Jornal do Brasil

Sexta-feira, 24 de Novembro de 2017

País

Chuvas levam São Paulo a decretar estado de atenção

Agência Brasil

A sexta-feira começou com chuva forte na cidade de São Paulo. O Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) decretou estado de atenção para alagamentos, por volta das 11h de hoje (19), em todas as regiões da capital. Entre ontem e hoje, já choveu 35 milímetros (mm).

“É um acumulado bastante significativo, o esperado para maio é 55,5 mm, até passou da metade do esperado para todo o mês”, observou o técnico em meteorologia do Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), Adilson Nazário.

Segundo o técnico, podem acontecer alagamentos e deslizamentos de terra nas áreas de risco da cidade. “É uma chuva que tem passagem rápida, mas já provocou um alagamento intransitável na cidade”. Às 11h53 o CGE registrou alagamento intransitável na Praça da Bandeira com a Avenida 23 de maio, sentido centro/bairro.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, houve queda de árvore às 11h40 na Rua Itapeva, região central da cidade. Uma pessoa foi atingida, mas sem gravidade.

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) informou que às 9h30 havia 108 quilômetros (km) de lentidão na cidade, enquanto a média para o horário é entre 63 km e 89 km de congestionamentos. Por volta das 12h50, as vias com maior trânsito eram a Marginal Tietê, sentido Airton Senna/Castelo Branco, com 32,5 km de lentidão, e a Marginal Pinheiros, sentido Castelo Branco/Interlagos com 12,9 km de lentidão.

Previsão

Segundo Nazário, a chuva continua até o fim da tarde de hoje e começa a diminuir no início da noite. A temperatura mínima registrada até o momento foi 15,3 graus Celsius (ºC) durante a madrugada, com máxima prevista de 18ºC.

Para quem vai curtir a Virada Cultural no fim de semana, é bom preparar capa e guarda-chuva. “Teremos uma pequena trégua amanhã, mas ainda chove de forma isolada, pode aparecer o sol, mas entre muitas nuvens e volta a chover intensamente no domingo (21), por causa da passagem de uma frente fria por São Paulo”.

Segundo o meteorologista, não há previsão de chuva forte para a próxima semana: “em termos de chuva significativa, esta pode ser a última do mês”.

No sábado (20) de madrugada, a temperatura deve ficar em torno dos 15ºC e céu encoberto ao amanhecer. A temperatura máxima sobe um pouco e chega aos 21ºC durante a tarde. Já o domingo começa com termômetros em torno dos 16ºC e a máxima não deve ultrapassar os 21ºC.

Tags: alagamento, chuvas, clima, de, emergência, estado, meteorologia

Compartilhe: