Jornal do Brasil

Quarta-feira, 7 de Dezembro de 2016

País

Delator da Lava Jato é expulso de restaurante em Angra; veja vídeo

Entre gritos e ameaça de agressão, pessoas bradavam "tornozeleira" e "pilantra"

Jornal do Brasil

O lobista e ex-consultor da Toyo Setal Julio Camargo foi expulso por clientes de um restaurante na ilha da Gipoia, em Angra dos Reis, no Rio de Janeiro, nesta quinta-feira (7). O Jornal do Brasil recebeu um vídeo com o ocorrido, que mostra Julio Camargo deixando o restaurante aos gritos de "pilantra", "picareta" e "tornozeleira", entre ameaças de agressão.

O lobista estava acompanhado de familiares. Ele sempre frequentou Angra dos Reis, onde costumava passar o Réveillon e comparecer a festas.

Camargo fez acordo de delação premiada que fez com o Ministério Público na Operação Lava Jato, e colabora com as investigações desde outubro de 2014.

Camargo trabalhou para fornecedores da Petrobras e disse ter pago R$ 137 milhões em propina para partidos e funcionários da estatal. Ele é um dos principais delatores a envolver o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), no esquema, o que deu origem à denúncia Procuradoria-Geral da República contra Cunha.

Tags: andamento, investigações, lava jato, lobista, repercussão, restaurante, vídeo

Compartilhe: