Jornal do Brasil

Quinta-feira, 20 de Novembro de 2014

País

Congresso de engenheiros homenageia político Rubens Paiva

Agência Brasil

O engenheiro e ex-deputado federal Rubens Paiva, assassinado em 1971 pela ditadura militar, será homenageado hoje (27) no 10º Congresso Nacional de Sindicatos de Engenheiros (Consenge). O evento que termina no sábado (30), e que se repete a cada três anos, tem por objetivo orientar a Federação Interestadual de Sindicatos de Engenheiros (Fisenge) nos temas sociais e debater metas da engenharia nacional.

A edição deste ano será realizada em Búzios, município da Microrregião dos Lagos, no estado do Rio de Janeiro e conta com profissionais da área, autoridades políticas e professores. Também estará presente a filha de Rubens, psicóloga Vera Paiva.

Além da homenagem prestada na solenidade de abertura, haverá no local a exposição Engenheiro Rubens Paiva, presente! com a curadoria do jornalista Vladimir Sacchetta. Serão 18 painéis que remontam a história combativa do engenheiro e político.

O presidente da Fisenge, Carlos Roberto Bittencourt, disse que a  homenagem ao político é óbvia. “Foi uma decisão de todo o comitê do Consenge. Este ano em que se comemora os 50 anos do golpe militar, Rubens Paiva é um grande exemplo de engenheiro para nós e de lutador pela liberdade e democracia no Brasil durante o período da ditadura”.

O congresso recebe nesta quarta-feira, o prefeito de Búzios, André Granado e o ex-ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Luiz Dulci, que debaterão o tema Um Projeto de Nação para o Brasil. Outros dois  assuntos a serem discutidos são O papel do Estado Brasileiro no desenvolvimento nacional e  O papel do movimento sindical frente às modificações do mundo do trabalho, nos dias 28 e 29, respectivamente.

Tags: assassinado, consenge, ditadura, homenagens, Jornalista

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.