Jornal do Brasil

Sexta-feira, 28 de Novembro de 2014

País

Motos somam 75% das indenizações do seguro obrigatório 

Portal Terra

As motocicletas continuam na liderança das estatísticas de indenizações do seguro obrigatório. Os acidentes envolvendo o veículo de duas rodas representam 75% de todas as indenizações pagas pela Seguradora Líder, administradora do seguro no Brasil, no primeiro semestre deste ano.

De acordo com o levantamento, a alta incidência de acidentes na categoria contrasta com a proporção da frota nacional, equivalendo a 27% do total de veículos. Já os automóveis, que representam cerca de 60% da frota, foram responsáveis por 23% dos benefícios pagos.

O Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (Dpvat) pagou 340.359 indenizações no primeiro semestre de 2014, o que representa um crescimento de 14% ante o mesmo período no ano passado. Em contrapartida, os dados apontam que o número de mortes caiu 13% no mesmo tipo de comparação. Já as indenizações por invalidez permanente saltaram 21% e chegaram a 259.845 pagamentos em todo o Brasil.

Apesar da diminuição das mortes por acidentes, o número de óbitos por acidentes de trânsito no Brasil impressiona. De acordo com a Líder, 4.100 pessoas morrem, em média, por mês vítimas de acidentes no Brasil – dados da Organização das Nações Unidas (ONU) divulgados em julho mostram que o confronto entre palestinos e israelenses deixou cerca de 1.300 mortos.

Perfil e mapa das indenizações 

O Nordeste registrou o maior número de acidentes indenizados pelo Dpvat no primeiro semestre do ano, com 113.996 (34% do total). Já o Sudeste, dono da maior frota de veículos do País, ficou em segundo lugar, com 89.466 (26%). As regiões Sul, Norte e Centro-Oeste registraram, respectivamente, 19%, 11% e 10% do total pago.

O levantamento traçou o perfil das vítimas de acidentes de trânsito, apontando que a maioria é de homem (75%). Com relação a idade, 52% dos que morreram ou ficaram inválidos tinham entre 18 e 34 anos.

O Dpvat, que existe desde 1974, é um seguro de caráter social que indeniza todas as vítimas de acidentes de trânsito no Brasil, sem apuração de culpa, seja motorista, passageiro ou pedestre. O serviço oferece cobertura para três naturezas de danos: morte, invalidez permanente e reembolso de despesas médicas e hospitalares (DAMS).

Tags: Acidentes, dpvat, indenizações, motos, pagamento

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.