Jornal do Brasil

Quarta-feira, 17 de Setembro de 2014

País

Defensoria Pública da União recorre à Justiça para zerar fila de espera do Into

Agência Brasil

A Defensoria Pública da União (DPU) recorreu à Justiça para que a União apresente, em 160 dias, um plano para reduzir a fila de espera do Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into). De acordo com a DPU, 14.077 pessoas aguardam na fila para cirurgias e outros procedimentos médicos no instituto federal.

A ação civil pública impetrada ontem (18) também pede que a Justiça estipule alguns prazos à União, entre eles, o de 60 dias para abrir concurso público e contratar temporariamente médicos, de 140 dias para implantar um sistema informatizado de gerenciamento das filas (que possa cruzar com dados de outros hospitais federais) e de dois anos para zerar a espera por atendimento no Into.

Caso a Justiça aceite a ação, a Defensoria Pública ainda pede uma multa diária de R$ 10 mil por descumprimento dos prazos e o bloqueio de verbas publicitárias do Ministério da Saúde até que as obrigações sejam cumpridas.

Até o fechamento da matéria, a assessoria de imprensa do Into não havia respondido à Agência Brasil.

Tags: atendimento, fila, Hospital, into, paciente

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.