Jornal do Brasil

Terça-feira, 23 de Setembro de 2014

País

Senado adia sessão solene em homenagem a Eduardo Campos

Agência Brasil

A sessão solene do Senado que iria homenagear o ex-governador de Pernambuco e candidato à Presidência da República Eduardo Campos, na próxima quarta-feira (20), foi adiada. A previsão é que a homenagem ocorra no dia 2 de setembro, quando a Casa estará em semana de esforço concentrado.

O líder do PSB no Senado, Rodrigo Rollemberg (DF), disse que solicitou ao presidente Renan Calheiros (PMDB-AL) o adiamento da sessão porque ela aconteceria no mesmo horário em que o partido estará reunido para definir o futuro da chapa presidencial.

Eduardo Campos morreu em um acidente de avião na última terça-feira (12). A candidata à vice-presidente, Marina Silva, deve assumir a cabeça de chapa no lugar de Campos. O partido se reunirá novamente na quarta-feira à tarde para definir oficialmente as candidaturas. 

“Tem um perfil já definido [para ser vice] que é o de ser uma pessoa ligada organicamente ao partido, ser da confiança de Eduardo Campos e ter uma boa relação com Marina Silva”, disse hoje o líder.

Um dos nomes mais cotados para assumir o posto é o deputado Beto Albuquerque (PSB-RS). Segundo Rollemberg, Albuquerque reúne essas características. No entanto, outros nomes também estão sendo sondados, de acordo com o líder.

Rollemberg disse ainda que a opinião da viúva de Eduardo Campos, Renata Campos, “é muito importante” e que ela será consultada sobre a escolha do vice. Renata está sendo cotada como uma das pessoas que poderá assumir a candidatura.

Tags: 2014, Eleições, Marina, PSB, vice

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.