Jornal do Brasil

Segunda-feira, 22 de Setembro de 2014

País

Corpo de assessor segue para cemitério, onde será enterrado no início da tarde

Agência Brasil

O caixão com os restos mortais do jornalista Carlos Augusto Ramos Leal Filho – conhecido como Carlos Percol, assessor de imprensa do ex-governador de Pernambuco e candidato à Presidência da República  Eduardo Campos – foi levado do Palácio do Campo das Princesas, sede do governo do estado, para o Cemitério de Santo Amaro, na capital pernambucana. O corpo do assessor era velado desde a madrugada.

Percol é uma das sete vítimas do acidente aéreo da última quarta-feira (13) ocorrido em Santos, litoral de São Paulo, que matou Campos, quatro membros de sua equipe e os dois pilotos da aeronave. Seu corpo era velado junto com o de Eduardo Campos, o do fotógrafo Alexandre Severo e o do cinegrafista Marcelo Lyra, que também morreram no desastre. O caixão contendo os restos mortais do assessor de imprensa foi levado por sua família e pela viúva, Cecília Ramos.

>> Milhares lotam Praça da República para último adeus a Eduardo Campos

Os demais corpos continuam sendo velados em frente à sede do governo. O corpo de Eduardo Campos será sepultado às 17h, também no Cemitério de Santo Amaro. Campos será enterrado no mesmo túmulo onde há nove anos foi depositado o corpo do avô Miguel Arraes.

Tags: acidente, Eduardo Campos, jato, Jornalista, mortes

Compartilhe:

Postar um comentário

Faça login ou assine para comentar.